ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 34° / min. 24°
Carregando
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Carnaval 2014
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinhas
Tá Valendo
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
Cultura

Rock in Rio 2011: a hora e a vez do pop

Katy Parry abre a programação do Rock in Rio amanhã, às 21h30. Esta é a edição mais feminina da história do festival.

Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+
Reprodução
Katy Perry abre a programação do Rock in Rio amanhã, às 21h30

Dez anos depois, o Rock in Rio volta amanhã para seu berço. Depois de uma década de eventos da franquia em Lisboa e Madri, o festival lança sua quarta edição brasileira - e a mais pop de todas.

Em sete dias - de sexta a domingo e de quinta a domingo da semana que vem -, o Rock in Rio 2011 tem apenas três noites consideradas, sem restrições, como “roqueiras”.

As principais atrações dessas noites são Red Hot Chili Peppers, Metallica e Guns N’ Roses. Uma quarta data tem o Coldplay fechando o dia, mas o resto da escalação tende para música pop.

O que dá o tom do festival é uma enxurrada de nomes que alugaram as paradas  nos últimos dois ou três anos.

Rihanna, Katy Perry, Shakira, Maroon 5 e Ke$ha tiveram, juntos, 32 canções entre as dez mais vendidas nos EUA. Mesmo na categoria “veteranos”, com Guns N’ Roses em seu terceiro Rock in Rio consecutivo, a balança pesa para nomes pop, como Stevie Wonder, 61, e Elton John, 64.

Entre artistas brasileiros, enquanto um Sepultura é colocado no segundo palco, a arena principal terá Claudia Leitte e Ivete Sangalo.

Além do caráter pop, a nova edição do festival é a mais feminina da história. Nos 56 shows programados para os palcos Mundo e Sunset, 23 cantoras vão se apresentar.

Para Dinho Ouro Preto, vocalista do Capital Inicial - atração roqueira que vai para seu terceiro Rock in Rio -, a estranheza das muitas atrações pop não leva em conta o histórico do festival.

“Desde a primeira edição, em 1985, o Rock in Rio teve essa mistura. Lá estavam o Iron Maiden e o Ozzy, mas também Elba Ramalho”, declara Dinho. A cantora, aliás, participou também das outras edições brasileiras do festival, em 1991 e 2001.

Dinho aponta isso até como uma tendência “brasileira” que outros eventos no mundo seguem. Neste ano, o tradicional Glastonbury, na Inglaterra, considerado o maior do gênero, teve como seus três nomes principais  U2, Coldplay e Beyoncé, uma das rainhas do pop. As 700 mil pessoas que esgotaram os ingressos são avalistas da mistura de estilos.

 

Programação


 

Sexta, 23/9

21h30 - Katy Perry

22h50 - Elton John

0h20 - Rihanna
 

Sábado, 24/9

15h40 - Tulipa Ruiz e Nação Zumbi

18h - Mike Patton & Mondo Cane e Orquestra Sinfônica de Heliópolis

0h20 - Red Hot Chili Pepper
 

Domingo, 25/9

16h45 - Angra e Tarja Turunen

18h - Sepultura e Tambours du Bronx

0h20 - Metallica
 

Quinta, 29/9

16h45 - Afrika Bambaataa e Paula Lima

22h50 - Ke$ha

0h20 - Stevie Wonde
 

Sexta, 30/9

15h40 - João Donato e Céu

16h45 - Cidade Negra, Martinho da Vila e Emicida

0h20 - Shakir
 


Sábado, 1/10

18h - Erasmo Carlos e Arnaldo Antunes

21h30 - Maná

0h20 - Coldpla

 
Domingo, 2/10

15h40 - Mutantes e Tom Zé

22h20 - System of a Down

0h20 - Guns N’ Roses

 





publicidade




Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2014 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP