ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 32° / min. 18°
Carregando
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Carnaval 2014
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinhas
Tá Valendo
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
Cultura

'12 Anos de Escravidão' leva prêmio de melhor filme no Oscar 2014

Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+
Reuters
A queniana, Lupita Nyong'o, levou o Oscar de atriz coadjuvante no filme "12 Anos de Escravidão"

O filme "12 Anos de Escravidão", de Steve McQueen, levou o prêmio o principal prêmio na 86ª edição do Oscar, que foi realizada ontem, em Los Angeles. Foi o primeiro filme dirigido por um negro a ganhar o prêmio.

"Dedico este prêmio a todos os que sofreram com a escravidão e que sofrem ainda hoje", disse McQueen.

A produção também levou as estatuetas de atriz coadjuvante, para a queniana nascida no México Lupita Nyong'o, e de roteiro adaptado.

Maior premiado da noite, o blockbuster espacial "Gravidade" levou sete estatuetas, incluindo a de melhor  diretor, para Alfonso Cuarón,  além de efeitos visuais, montagem, fotografia, edição de som, mixagem de som. Primeiro latino-americano a ganhar o prêmio, o mexicano Cuarón desbancou Martin Scorsese, Steve McQueen, David O. Russell e Alexander Payne.

Como melhor atriz, venceu Cate Blanchett, por "Blue Jasmine". No discurso, ela repetiu o que havia dito ao receber o prêmio Independent Spirit: "Fico feliz por saber que ainda existem pessoas que se interessam por fazer filmes com mulheres", afirmou a australiana, que também agradeceu so diretor Woody Allen.

Favorito em sua categoria, Matthew McConaughey ganhou como melhor ator por "Clube de Compras Dallas". O intérprete emagreceu 17 quilos para viver um texano que contrai o vírus da Aids.

O filme também rendeu prêmio de ator coadjuvante a Jared Leto. Já Lupita Nyong'o, faturou o prêmio de coadjuvante por "12 Anos..". "Foi a alegria da minha vida", disse a queniana nascida no México.

Reuters
Como melhor atriz, venceu Cate Blanchett, por "Blue Jasmine"

Em seu discurso, Leto contou brevemente a história de sua mãe, presente na plateia,  e falou sobre as vítimas da Aids e sobre os recentes acontecimentos na Ucrânia e na Venezuela. "Estamos pensando em vocês nesta noite."

Na categoria de melhor roteiro adaptado, venceu "12 Anos...". Como melhor roteiro original, "Ela".

O longa italiano "A Grande Beleza", de Paolo Sorrentino, foi escolhido como melhor filme estrangeiro.

Até o fechamento desta edição, o blockbuster espacial "Gravidade", de Alfonso Cuarón, havia levado outras seis estatuetas: efeitos especiais, mixagem de som, edição de som, montagem, fotografia e trilha sonora.

A recriação dos anos 1920 de "O Grande Gatsby", de Baz Luhrmann, rendeu ao filme as estatuetas de melhor figurino e melhor direção de arte.

O troféu de melhor animação confirmou o favoritismo de "Frozen: Uma Aventura Congelante", da Disney, a primeira vez que o estúdio ganhou o prêmio. O filme também ganhou por canção.

O vencedor como melhor documentário foi "A Um Passo do Estrelato", sobre cantoras de apoio, desbancando produções mais políticas como "Guerras Sujas", "The Square" e "O Ato de Matar".

"Helium", de Anders Walter, ganhou como melhor curta. Na categoria de melhor documentário em curta-metragem, o premiado foi "The Lady in Number 6".

As apresentações musicais da noite contaram com Pharrell Williams, U2, e Karen O, dos Yeah Yeah Yeahs.

Reuters
Alfonso Cuarón ganhou o Oscar de melhor diretor, pelo longa "Gravidade".

A sessão "in memoriam" não citou o francês Alain Resnais, morto na véspera, mas lembrou o documentarista brasileiro Eduardo Coutinho, assassinado no mês passado.

A noite teve a comediante Ellen DeGeneres como principal apresentadora. A edição foi marcada pelas "selfies".

Vários atores e diretores dedicavam alguns segundos para tirar um autorretrato no tapete vermelho. O cineasta chinês Wong Kar Wai ("Grande Mestre") tentou vários ângulos até acertar o seu.

The Edge, guitarrista do U2, posou com a mulher em frente a uma estátua do Oscar. Jared Leto entrou na brincadeira: na entrevista, convidou a imprensa a pegar seu Oscar e "tirar selfies" com ele.

A organização não gostou, porque é proibido tirar fotos ou filmar na sala de entrevistas. "Deixe a imprensa ser imprensa. Viva a revolução!", clamou Leto, aplaudido.

 

 

VENCEDORES

FILME

"12 Anos de Escravidão"

ATOR

Matthew McConaughey

"Clube de Compras Dallas"

ATRIZ

Cate Blanchett

"Blue Jasmine"

DIREÇÃO

Alfonso Cuarón

"Gravidade"

ATOR COADJUVANTE

Jared Leto

"Clube de Compras Dallas"

ATRIZ COADJUVANTE

Lupita Nyong'o

"12 Anos de Escravidão"

ANIMAÇÃO - LONGA

"Frozen"

FOTOGRAFIA

"Gravidade"

DOCUMENTÁRIO - LONGA

"A um Passo do Estrelato"

DOCUMENTÁRIO - CURTA

"The Lady in Number 6: Music Saved My Life"

MONTAGEM

"Gravidade"

FILME ESTRANGEIRO

"A Grande Beleza"

MAQUIAGEM

"Clube de Compras Dallas"

ROTEIRO ORIGINAL

"Ela"

ROTEIRO ADAPTADO

"12 Anos de Escravidão"

TRILHA SONORA

"Gravidade"

CANÇÃO

"Frozen"

CURTA DE ANIMAÇÃO

"Mr. Hublot"

CURTA

"Helium"

EDIÇÃO DE SOM

"Gravidade"

MIXAGEM DE SOM

"Gravidade"

EFEITOS VISUAIS

"Gravidade"

FIGURINO

"O Grande Gatsby"

DESIGN DE PRODUÇÃO

"O Grande Gatsby"





publicidade




Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2014 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP