ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 32° / min. 17°
Carregando
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Carnaval 2014
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinhas
Tá Valendo
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
Esportes

Copa São Paulo: de cabeça erguida

Com má arbitragem, Noroeste leva virada do Flamengo na despedida da Copinha

Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+
Malavolta Jr.
Observado pelo volante Diego (à esq.), atacante Aguiar salta da marcação flamenguista

O Noroeste perdeu por 3 a 2, de virada, para o Flamengo, ontem à tarde, no último jogo da equipe na edição de 2014 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Alvirrubro abriu 2 a 0, e conseguiu segurar o empate até o fim do jogo, quando levou o terceiro gol, decretando a classificação do Flamengo na liderança do Grupo I.

O Rubro-Negro seguirá jogando em Bauru, contra o vencedor do Grupo J (sediado em Penápolis), que pode ser Mirassol, Rondonópolis ou Atlético/PR. A partida será na segunda ou na terça-feira, em horário a ser definido pela Federação Paulista de Futebol (FPF). Quem passar desta partida, poderá jogar mais uma vez no Alfredão, na quinta ou na sexta-feira da próxima semana, pois FPF, Secretaria de Esportes de Bauru (Semel) e representantes do Noroeste conversam no sentido de viabilizar um jogo da terceira fase no Alfredão, o que está próximo de ser concretizado.

O jogo

Pressionado pela necessidade do resultado, o Flamengo foi para cima do Norusca e teve chance aos cinco minutos com Cafú, mas Guilherme defendeu. Aos sete, Thiago Santos se jogou na área e o árbitro Márcio Henrique de Gois deu pênalti, que Romário bateu para fora. Três minutos depois, o lance mais bonito do jogo. O meia Douglas cobrou escanteio pela esquerda com precisão e colocou na “gaveta”: gol olímpico no Alfredão, 1 a 0 Noroeste.

O Mengão não se abateu e tentou mais uma vez aos 25, com Renan Donizete, sem sucesso. Aos 37, Caetano acertou belo chute no travessão, quase ampliando para os donos da casa. No segundo tempo, o Noroeste ampliou o marcador logo aos cinco minutos. Douglas cobrou falta de longe e o goleiro Thiago levou um frangaço: 2 a 0. O Alvirrubro teve a chance de matar o jogo com Juninho, no lance seguinte, mas o goleiro flamenguista se redimiu e fez a defesa.

Aos 16, o Flamengo diminuiu com Rafael Dumas, aproveitando rebote do goleiro Guilherme, que pediu falta no lance. Os visitantes ainda tiveram outro pênalti – bastante contestado pelo Norusca – aos 21 minutos, mas Jajá cobrou no canto direito e Guilherme defendeu. No contra-ataque, Aguiar ficou livre, mas derperdiçou a chance de fazer o terceiro do Norusca. O time bauruense teve outra oportunidade com Caetano, que driblou o zagueiro e invadiu a área, mas bateu em cima do goleiro. O Flamengo então chegou ao empate, novamente com Rafael Dumas, aproveitando outra sobra do goleiro Guilherme, e o gol da vitória veio aos 46, em contra-golpe, com Thiago Santos colocando no canto.

Arbitragem ruim

A atuação do árbitro Márcio Henrique de Gois e também dos assistentes foi bastante criticada ontem pela torcida e dirigentes do Noroeste. O técnico Luciano Sato concorda que a má atuação do trio prejudicou a partida, mas pondera que o Alvirrubro perdeu muitas oportunidades. “O primeiro pênalti não foi, e teve um lance no Aguiar que se ele usasse o mesmo critério teria sido pênalti e a gente poderia chegar ao terceiro gol. Mas acho que nós tivemos pelo menos quatro chances de fazer o gol e matar o jogo. A arbitragem errou, mas nós também erramos”, comentou Sato.

“Se alguém merecia a vitória, seria o Noroeste, pela partida que fez. Mas como eu disse, perdemos muitas chances. E o saldo para a cidade também foi positivo, Bauru voltou a sediar uma Copa São Paulo, a organização foi muito elogiada, tanto que segue para a segunda fase. A cidade está de parabéns”, mencionou.


Aquidauanense vence e agora torce

O Aquidauanense bateu o Santo André por 1 a 0 no jogo de fundo da rodada de ontem do Grupo I, no Alfredão, e chegou a sete pontos, na segunda posição da chave.

Como apenas os seis melhores segundos colocados de um total de 26 grupos passam para a segunda etapa, o time do Mato Grosso do Sul seguirá em Bauru até domingo aguardando os demais resultados para saber se vai passar ou não. O gol do jogo foi marcado por Alisson, aos 21 minutos do segundo tempo.





publicidade




Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2014 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP