ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 30° / min. 21°
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinhas
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
Nacional

Detido não é o suspeito de levar Brenda

Carroceiro com as mesmas características físicas do acusado chegou a ser pego, mas foi liberado ao não ser reconhecido

Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+

São Paulo - O homem detido na manhã de ontem na zona sul de São Paulo foi liberado pela polícia por não se tratar de Jorge Antunes Cardozo, 47 anos, identificado como suspeito do sequestro da menina Brenda Gabriela da Silva, 4 anos.

Uma denúncia levou policiais militares até a avenida José Maria Whitaker por volta das 10h30, onde encontraram o homem com características físicas semelhantes ao do suspeito e fez com que achassem que se tratava de Cardozo.

Na delegacia ele não apresentou documentos e precisou ser identificado pelas impressões digitais, que confirmaram não se tratar do suspeito, de acordo com o delgado Paulo César de Freitas. O nome do homem detido não foi divulgado pela polícia.

O jovem da loja de doce que encontrou Brenda na última segunda-feira também esteve na delegacia para reconhecimento e confirmou que não se tratava de Cardozo. Segundo Freitas, as buscas por Cardozo continuarão. O homem detido seria encaminhado ao IML para exame de corpo de delito e liberado ainda ontem.


Investigação

Uma foto de Jorge Antunes Cardozo, 47 anos, foi mostrada para a menina e o funcionário da loja de doces que a encontrou anteontem. De acordo com o delegado do 6.º DP (Cambuci), Paulo César de Freitas, os dois reconheceram o homem da foto.

Brenda contou à polícia que dormiu em uma carroça nos dias que estava desaparecida. Com essa informação, policiais fizeram buscas na região onde a menina foi encontrada e chegaram a uma carroça com roupas de menina e alguns bonecos. No local, também encontraram comprovantes com o nome do suspeito.

Após levantamento das informações que estavam no documento, a polícia identificou o suspeito e encontrou uma foto que estava em seu sistema, que foi reconhecida pela vítima e testemunha.

A menina foi encontrada na segunda-feira pelo repositor Alex Ramos de Carvalho, 17 anos, ao reconhecê-la no colo de um homem na frente da loja de doces onde trabalha. Brenda havia desaparecido no dia 10 de junho durante um culto evangélico no Cambuci.





publicidade


Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2015 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP