ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 29° / min. 17°
Carregando
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Carnaval 2014
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinhas
Tá Valendo
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
Nacional

Governo amplia faixa etária de vacinação contra HPV

Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+

O Ministério da Saúde informou, nesta quarta-feira (18), que vai ampliar a faixa etária das meninas que receberão a vacina contra o vírus HPV pela rede pública de saúde.

Reprodução
A faixa etária das meninas que receberão a vacina contra o vírus HPV será ampliada

A previsão inicial --dada em julho deste ano, quando a vacina foi anunciada-- era imunizar, em 2014, meninas de 10 e 11 anos; e, a partir de 2015, apenas as meninas de 10 anos. O esquema vacinal seria de três doses, com a segunda dose sendo dada um mês após a primeira, e a terceira dose aplicada seis meses após a primeira.

A decisão agora tomada, e anunciada nesta quarta, é a de vacinar, em 2014, garotas de 11 a 13 anos; e, a partir de 2015, as meninas de 9 a 11 anos.

Para tanto, o governo fez um espaçamento maior entre as três doses. Agora, a segunda dose deve ser aplicada seis meses após a primeira; e a terceira deve ser dada cinco anos depois da primeira.

Segundo a Saúde, o novo formato tem respaldo de estudos e práticas internacionais; e, dada cinco anos após a primeira, a terceira dose pode funcionar como reforço.

"O Ministério da Saúde decidiu adotar o esquema estendido baseado em estudos recentes que comprovam a eficácia desta medida. Além disso, a estratégia segue recomendação da Opas (Organização Pan Americana de Saúde) e foi discutida com especialistas brasileiros que integram o Comitê Técnico Assessor do Programa Nacional de Imunizações. Vale ressaltar que o esquema já é utilizado por países como Canadá, México, Colômbia, Chile e Suíça", argumenta nota do ministério.

A vacina será oferecida no SUS a partir de março de 2014. Ela pode prevenir contra o vírus HPV, responsável por 95% dos casos de câncer de colo uterino, além de estar ligado a outros tipos de câncer e verrugas sexuais.





publicidade




Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2014 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP