ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 34° / min. 18°
Carregando
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Eleições 2014
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinhas
Tá Valendo
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
Regional

Quadrilha acusada de estelionato desde 2010 é presa em Agudos

Grupo se passava por prefeitos; mulher do bando está foragida


Atualizada às 16h20
Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+

Na manhã desta quarta-feira (9), quatro homens foram presos em Agudos (13 quilômetros de Bauru), acusados de formação de quadrilha e estelionato. Segundo informações da Polícia Civil, o grupo agia em mais de quarenta cidades dos estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais, desde 2010.

Até o momento foram presos José Arnaldo Paschoal de Abreu, 60 anos, vulgo Zero, Ewerton dos Santos Cavalcante, 36 anos, conhecido como Gordo, Eduardo dos Santos Barbosa, 23 anos, e Leonardo Zoocca Lazaro, 21 anos.

A única mulher da quadrilha, Priscila de Souza Gomes,  está foragida. A idade dela não foi informada pela polícia.

Ainda de acordo com a polícia, os golpes eram aplicados em empresas que prestavam serviços para as prefeituras das cidades. O "cabeça" da quadrilha, J.A.P. ligava para os locais e se dizia prefeito de uma determinada cidade. Ele criava histórias de que a população local necessitava de suprimentos e pedia doações. O montante que foi 'arrecadado' por eles ainda não foi contabilizado.

Veja abaixo os vídeos liberados pela Polícia Civil que mostram a quadrilha em ação:

 





publicidade


Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2014 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP