ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 28° / min. 18°
Carregando
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Carnaval 2014
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinhas
Tá Valendo
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
PolÝcia

Bauru: onša parda Ú atropelada na Marechal Rondon

O animal foi encontrado com ferimentos graves e passarß por processo cir˙rgico em Botucatu

Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+

Uma onça parda foi atropelada, nesta terça-feira (3), no quilômetro 336 da rodovia Marechal Rondon (SP-300), próximo ao chamado “trevo da Eny", em Bauru.

Douglas Reis
Onça parda foi resgatada pelos bombeiros e veterinária do zoo de Bauru

Segundo o Policiamento Rodoviário, por volta das 7h, os militares foram informados de que o animal estava ferido no canteiro central da rodovia. Equipes do Zoológico Municipal de Bauru e do Corpo de Bombeiros foram acionadas para ajudar no resgate.

Durante a captura, a veterinária do zoológico, Maria Emília Bondini Santiago, aplicou sedativo na onça e, com o auxílio dos bombeiros, o animal foi colocado no interior de uma caixa.

De acordo com o diretor do Zoológico Municipal de Bauru, Luiz Pires, a onça parda, que está em fase adulta e é macho, foi encontrada com ferimentos graves em uma das patas e na boca.

“Encontramos o animal bastante ferido na pata, na boca e com hemorragia. Devido à grande perda de sangue, decidimos  encaminhá-lo para o Hospital Veterinário da Unesp de Botucatu, onde poderá ser feito todos os procedimentos necessários”, afirmou.

O animal foi conduzido para Botucatu com o auxilio da PM Rodoviária e encaminhado ao Centro de Medicina e Pesquisa em Animais Selvagens (Cempas) da Unesp.

De acordo com o responsável pelo Cempas, professor Carlos Roberto Teixeira, a onça sofreu fratura no úmero da pata dianteira e apresentou um quadro de hemorragia devido ao impacto da colisão. "Nós estabilizamos a hemorragia e o quadro de saúde dela está estável. Nesta quarta-feira, às 14h, o animal passará por processo cirúrgico e o risco de morte é mínimo", afirmou.

Ainda de acordo com o professor, após a cirurgia, será avaliado se a onça ficará com alguma sequela. Se ela tiver uma boa recuperação, a Secretaria do Meio Ambiente será acionada e, provavelmente, ela será devolvida para seu habitat natural.

Douglas Reis
O animal foi encontrado no canteiro central da rodovia Marechal Rondon, em Bauru

Espécie

A onça parda é bastante comum na região de Bauru, já que um dos seus habitats é o cerrado. Ela tem hábitos diurnos de caça e vive cerca de 20 anos. Além disso, é o segundo maior felídeo neotropical, menor apenas que a onça-pintada. Pode chegar a atingir 1,08 m de comprimento e entre os felinos é um dos melhores saltadores.





publicidade




Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2014 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP