ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 26° / min. 11°
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinhas
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
Regional

'Operação Paraíso' cumpre mandados de prisão na Prefeitura de São Manuel

Investigação sobre desvio de dinheiro público motiva ação também em Botucatu; 5 são detidos

Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+

Uma equipe do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público, que conta com o apoio da Polícia Federal (PF) e da Polícia Civil, entrou nesta quinta-feira, às 7h30, na Prefeitura de São Manuel (69 km de Bauru) para cumprir mandados de prisão e apreensão. Três dos cinco presos são Paolo Bruno (diretor jurídico da prefeitura), José Fernando Ardemani (diretor de Administração e Finanças) e Júnior Balestrero (diretor de Saúde). Há detidos também em Botucatu. 

Equipes permaneceram no prédio por cerca de uma hora e meia. A primeira informação era de que a prefeitura chegou a ser fechada, mas servidores garantem que isso não foi necessário. As salas onde as equipes atuaram em busca de pessoas e documentos, contudo, ficaram preservadas de contatos de outros frequentadores. Há prisões efetuadas.

"O objetivo é desarticular suposta organização criminosa voltada à realização  de desvio de dinheiro público", informa o Gaeco em nota. Outros municípios paulistas também são investigados.

A Operação Paraíso, como foi batizada, teria relação com o contrato firmado entre a prefeitura de São Manuel e uma instituição responsável pelo gerenciamento do Programa Saúde da Família. Diretores da Prefeitura de São Manuel foram levados à Polícia Civil para tomada de depoimentos e confirmação de prisão.

Na prefeitura, o atendimento ao público no primeiro andar continuou sendo prestado normalmente nesta quinta-feira. Um grupo da Polícia Civil da Capital participa da operação. Ao todo, cinco pessoas teriam sido presas.

Leia abaixo íntegra da nota do Gaeco:

"O Ministério Público do Estado de São Paulo, pelos Promotores de Justiça do Gaeco, Núcleo Bauru, e da Promotoria de São Manuel, deflagraram a denominada "Operação Paraíso", cumprindo diversos mandados de prisão e de busca e apreensão visando desarticular suposta organização criminosa voltada à realização de desvio de dinheiro público destinado à manutenção de serviços de saúde em diversos municípios do Estado de São Paulo. A operação se desenvolve com apoio da Polícia Federal de Bauru, Polícia Militar e do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil da Capital".





publicidade


Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2015 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP