ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  NEWSLETTER  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNet.com.br
Bauru e grande região -
máx. 22° / min. 12°
Carregando
Política
Economia
Geral
Polícia
Bairros
Esportes
Regional
Cultura
Nacional
Internacional
Carnaval 2014
Classificados
Agendinha
Cinema
Bauru Pocket
Tribuna do Leitor
Entrelinha
Em Confiança
Horóscopo
Falecimentos
JC na escola
Loterias
Atendimento JC
No JC
Regional

DIG de Botucatu prende chefe de quadrilha de roubos de máquinas pesadas

Compartilhar via Facebook
Compartilhar via Google+
Valéria Cuter/Jornal Acontece Botucatu
O chefe da quadrilha foi preso nesta terça em Marília

Após mais de um ano de investigações, a Polícia Civil de Botucatu, por intermédio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), prendeu, na manhã desta terça-feira (27), um homem de 37 anos, apontado como o chefe de uma quadrilha especializada em roubos de equipamentos pesados usados para serviços de terraplanagem (pás-carregadeiras e retroescavadeiras), que agia em diferentes cidades do Estado de São Paulo e comercializava as máquinas em outros Estados, como Goiás, Tocantins e Maranhão.

Conforme apurado pelo JC, apontado como chefe do grupo, Márcio Aparecido Rossi foi preso na última quinta-feira (22) na cidade de Limeira (205 quilômetros de Bauru) e transferido para Botucatu. “O acusado deve ficar preso no distrito da culpa, ou seja, em uma das cadeias da região para que o juiz tenha acesso ao caso”, esclarece o delegado responsável pela investigação, Geraldo Franco Pires.

Ao todo, oito equipamentos foram recuperados e pelo menos cinco envolvidos presos. “A quadrilha tinha um responsável pela adulteração e pela receptação. Eles efetuavam o roubo, modificavam os documentos e revendiam essas máquinas na região centro-oeste, dominada por dois receptadores também indiciados. Um deles foi preso no Maranhão”, conta o delegado.

O caso

Segundo investigações da DIG, desde o fim do ano passado, a quadrilha atuou em várias cidades da região. No último caso, em um sítio localizado na zona rural de Anhembi, foi registrado roubo de equipamentos pesados por quatro homens armados.

Do local, os assaltantes levaram duas máquinas pesadas e permaneceram várias horas com reféns. Desde o assalto, os policiais passaram a monitorar a ação da quadrilha, que roubou pelo menos oito máquinas de cinco cidades diferentes: Jundiaí, São Pedro, Anhembi, Bofete e Iracemápolis.

“Os assaltantes agiam da mesma forma nos roubos. Conforme a investigação, eles estudavam os locais onde os equipamentos eram guardados, invadiam o local com pelo menos oito membros do grupo, rendiam os vigias durante toda a noite e madrugada e carregava as máquinas já com a documentação adulterada para o norte e nordeste”, alega Franco Pires. 

Investigação

Depois de pelo menos oito máquinas roubadas, a investigação da DIG em apoio a delegacia de Anhembi, que começou em fevereiro de 2011 e terminou em agosto do mesmo ano, efetuou várias prisões em Jundiaí, Goiás e Maranhão.

Ao todo, oito pessoas foram detidas. Marcelo Ávila da Silva, Márcio Aparecido Bueno e Antônio Álvaro Ribeiro Garcia foram presos e levados para Botucatu. Cinco pessoas acusadas receptação também foram detidas, no entanto, respondem ao processo em liberdade.

“Trabalharemos agora com o cruzamento de dados entre os municípios que a quadrilha passou, desta forma, conseguiremos levantar os crimes praticados por Márcio enquanto estava em liberdade”, finaliza o delegado.

Todos os integrantes do grupo foram presos e encaminhados para Botucatu.





publicidade


Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2014 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP