ASSINE: (14) 3104-3144  |  ATENDIMENTO JC  |  BUSCA  |  EDIÇÃO DIGITAL  |  SEGUNDA-FEIRA
JCNET.com.br
Bauru e grande região - Sábado, 24 de junho de 2017
máx. 27° / min. 13°
13/04/11 03:00 - Opinião

Força feminina no empreendedorismo

Milton Dallari
A mulher que simbolizava o “sexo frágil” ficou, definitivamente, no século passado. Ousada, confiante e cada vez mais independente, hoje ela participa ativamente de todos os segmentos. Temos como ótimos exemplos o meio político, onde ocupa cargos de vereadora, deputada, senadora, prefeita, governadora e até de presidente, e o universo econômico, onde tem se arriscado cada vez mais no mundo dos negócios. Competência, garra e criatividade, além de outras características exclusivamente femininas que auxiliam na condução política e empresarial, ela tem de sobra.

No caso específico do empreendedorismo brasileiro, a presença da mulher é crescente e muito considerável. De acordo com a última pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM), das 18,8 milhões de pessoas à frente de empreendimentos em estágio inicial ou com menos de três anos e meio de existência no Brasil, 53% são mulheres – apenas outros dois países, Tonga e Guatemala, possuem taxas de empreendedorismo feminino mais elevadas. O estudo também revelou que dos empreendedores por oportunidade no país, a maioria também é mulher (53,4%).

Os dados comprovam a polivalência da mulher. Esbanjando força, cuida dos filhos, do lar e ainda encontra motivação para se aventurar no complexo, mas fascinante, mundo dos negócios.

Por serem mais intuitivas, mais flexíveis que os homens e com melhor relacionamento interpessoal, as mulheres empreendedoras geram um grau de confiança maior e um poder de comunicação mais eficaz, itens importantes para conduzir de maneira saudável uma empresa. São atributos que fazem toda a diferença no processo de transformar o sonho de empreender em sucesso concretizado. Com conhecimento e os incontáveis diferenciais na condução do próprio negócio, a mulher do novo século mostra que é “sexo forte” e que merece destaque não apenas no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, mas em todos os dias do ano.


O autor, Milton Dallari, sócio-diretor da Decisão Consultores Associados, ex-diretor do Sebrae-SP e conselheiro da Associação dos Aposentados da Fundação Cesp




publicidade


Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2017 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP