Bauru e grande região

Auto Mercado

Tradição com tecnologia

Volkswagen adiciona muita tecnologia no Golf 8, mas mantém os parâmetros que tornaram o hatch um sucesso

por Alessio Sanavio

25/12/2019 - 06h00

Hardy Mutschler

As medições do Golf 8 são essencialmente as mesmas: 4,28 metros de comprimento, 1.79 m de largura e 1.46 m de altura, com 2,64 m de entre-eixos

O Golf 8 chega com um grande pacote tecnológico e com um catálogo de motores capaz de fazer com que qualquer um encontre uma versão que responda às suas necessidades.  E entre as forças há uma doação tecnológica importante e um catálogo particular interessante do motor que possa encontrar qualquer tipo da necessidade. O Golf atinge a oitava geração fiel à sua história e tradição de ser um modelo capaz de ser o pioneiro em diversos recursos que, em seguida, serão expandidos para os outros produtos da marca.

O hatch médio é caracterizado por um estilo ancorado no passado, sem modismos ou variação estilística que provoque uma ruptura. Nesta nova versão, a frente tem como elemento dominante a grade do radiador, fina e afunilada, que amplia muito as formas. As medições do modelo médio são essencialmente as mesmas: 4,28 metros de comprimento, 1.79 m de largura e 1.46 m de altura, com 2,64 m de entre-eixos.

A partir desta geração, o Golf passa a usar em toda a gama a iluminação full led, o que permitiu uma assinatura ótica muito característica. Na parte traseira, os designers fazem uma referência direta ao Golf original. Em termos de tamanho, as formas de linha particularmente baixa e aerodinâmica levam hoje a atingir um Cx de apenas 0,275, o que resulta em menor consumo e, portanto, menores emissões.

Depois do visual, o segundo ponto notável desta geração é a tecnologia empregada. O protagonista, no interior, é o cockpit digital: um verdadeiro centro de comando multimídia que pode ser pilotado através de algumas ilhas de controle, sistemas de toque e até mesmo através da voz. O nível de conectividade do carro é muito alto. Graças a um chip de celular, o novo Golf pode implementar serviços online chamado Conected e Conected plus. Isso permite que o sistema indique os pontos de interesse ao longo da rota, inclusive fornecendo informações como telefone e o horário de funcionamento dos estabelecimentos.

Em termos de motores, o Golf 8 oferece opções a gasolina, diesel, metano, híbrido e plug híbridos. Eles começam com 90 cv e chegam a 300 cv. Existem quatro propostas de gasolina (TSI). Ele começa com dois novos motores de 90 e 110 cv com um litro de deslocamento de três cilindros e, em seguida, sobe de deslocamento para 1.5 litro com motores de 130 cv e 150 cv. As três primeiras potências estão unidas pelo eficiente ciclo de combustão TSI Miller e por um turbocompressor de turbina de geometria variável TGV.

Os motores diesel TDI, que andam em baixa desde o Dieselgate protagonizado pela marca, tem potências de 115 cv e 150 cv, com adição de Adblue. Em seguida, há o híbrido leve, com sistema auxiliar de 48 V com três propostas: 110, 130 e 150 cv, apenas e exclusivamente com 7 velocidades DSG transmissão automática.

Jogo rápido

É preciso destacar que os tempos disponíveis para avaliação em lançamentos costumam ser muito limitados. Um carro tão emblemático como o Golf 8 merecia uma avaliação mais serenidade e detalhamento. Ainda mais porque a plataforma MQB, em que o novo Golf 8 descansa, evoluiu em relação à da geração anterior. O aumento da tecnologia do interior do Golf é flagrante. Tanto que os botões de controle são raros. Isso traz benefícios para um design interior mais limpo. Já em relação a tecnologia de assistência ao condutor, existem dois elementos específicos que representam uma novidade interessante. O primeiro é a condução assistida e o outro é a comunicação com outros carros. A primeira tecnologia é um sistema de auxílio ao condutor que permite que você ceda o controle (sempre com a supervisão do motorista) do carro para o computador de bordo. A velocidades de até 210 km/h, o sistema pode lidar com o tráfego rodoviário acelerando e freando, seguindo a sinalização, que é lida pelas câmeras dentro do carro. Já a comunicação intercarros permite ao Golf comunicar eventos, acidentes ou perigos para outros carros ao longo da estrada até a 800 metros de distância: uma espécie boca a boca tecnológico através de redes de internet. Os preços começam em 25.750 euros (cerca de R$ 118 mil), para motor 1.0 TSI EVO 110 cv versão manual, o mais fraco de todos. Além dele, há o motor 1.5 TSI Evo Act de 130 cv, também com transmissão manual, que sai a 27.100 euros (cerca de R$ 125 mil). Estes preços são iniciais, sem quaisquer opcionais.

Ler matéria completa