Bauru e grande região

Auto Mercado

Cuidado na rodovia com as chuvas de verão

É preciso redobrar a atenção para evitar acidentes

22/01/2020 - 03h23

Renan Casal

A chuva intensa reduz a visibilidade dos motoristas

Durante o verão, o tempo fica instável e há maior incidência de chuvas. O motorista que vai trafegar pelas rodovias neste período precisa se certificar do funcionamento dos equipamentos de segurança do veículo. E, na condução sob chuva, reduzir a velocidade para evitar colisões. 

A chuva intensa reduz a visibilidade dos motoristas. A pista úmida, consequentemente, fica mais escorregadia. As altas temperaturas aumentam as possibilidades de pancadas ao fim do dia e à noite. Antes de pegar a estrada, o motorista deve checar as condições dos pneus, das lanternas, palhetas do limpador, limpeza e condições do para-brisa.

"A chuva na rodovia torna o trajeto mais arriscado para os motoristas. Isso porque o tempo de resposta da frenagem é um pouco mais demorado, principalmente, se algum pneu estiver 'careca'. O motorista também deve considerar seus próprios limites, se a visibilidade for pequena, o melhor a fazer é parar no posto mais próximo, nas bases de Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) da Cart ou da Polícia Militar Rodoviária", orienta o coordenador de Saúde e Segurança da Cart, Nivaldo Bautz.

Se não puder evitar a estrada em um dia chuvoso, a orientação é ligar o ar-condicionado do veículo antes que o vidro do para-brisa comece a embaçar e prejudique a visibilidade. Para os veículos que não têm ar-condicionado, é importante direcionar a circulação de ar quente e frio direcionados para o vidro.

Trafegar por trechos iluminados e com recursos que dissipam os faróis dos veículos faz a diferença para o condutor neste período chuvoso. 

Se a chuva ficar muito forte durante a viagem, o motorista pode procurar um ponto de apoio próximo à rodovia, como postos de combustível, e aguardar o tempo ruim passar. 

 

Ler matéria completa