Bauru e grande região - Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
máx. 33° / min. 23°
25/05/07 00:00 - Esportes

Vítor Hugo chega confiante em repetir bom trabalho no comando do Norusca

Rodrigo Allegro
O técnico Vítor Hugo foi apresentado ontem à tarde, no Complexo Alfredo de Castilho, de forma oficial à imprensa, e demonstrou otimismo e confiança em repetir um bom trabalho à frente do comando técnico do Noroeste. O projeto de conseguir o acesso à Série B do Campeonato Brasileiro de 2008 também será outro desafio importante na carreira do treinador.

Além de ter sido um ídolo da torcida noroestina como zagueiro, na década de 80, Vítor Hugo foi o treinador responsável pelo acesso do Norusca à Série A2, em 2004.

O técnico dirigiu o Noroeste apenas em três partidas da Série A3 daquele ano, mas sob o seu comando o clube subiu de divisão. Vitão, como é conhecido no meio futebolístico, sempre acreditou que conseguiria colocar o Norusca de volta à Série A2. Tanto que fez um contrato na época com o então diretor Celso Zinsly sem papel assinado .

“Eu sempre tive bons resultados aqui dentro do Noroeste e espero repetir novamente esse sucesso”, revelou o ex-zagueiro, que estreou como técnico noroestino em 2001, após encerrar a carreira um ano antes como jogador, no próprio clube bauruense.

Vítor Hugo acha que a Série C chega ser até mais difícil de disputar do que A e B, principalmente pelo fato das dificuldades aparecerem já na primeira fase da competição.

“A Série C é um campeonato onde você começa já tendo dificuldades logo no início (primeira fase), já que são quatro equipes, e apenas duas avançam de fase.
Nessa hora, as vitórias dentro de casa são fundamentais. Eu espero passar isso ao elenco todo dia, porque eu sei das dificuldades que nós iremos enfrentar“, complementa o novo comandante do Norusca na Terceirona.

O novo treinador do Norusca na Série C revelou que pretende trabalhar de forma conjunta com Marco Antônio Machado, novo técnico do Alvirrubro na Copa Federação.
“ Esse novo projeto do Noroeste com dois treinadores é inovador e, com certeza, a troca de informações com o Marco Antônio será de grande valia para ambos“, revelou.

Sobre a forma de trabalhar dentro de campo, principalmente no setor defensivo, área que Vítor Hugo conhece bastante, o treinador disse que não tem um esquema definido com dois ou três zagueiros.

“Eu não tenho um esquema preferido, e, sim, uma forma de atuar dependendo dos jogadores e do momento“, concluiu o treinador, que não pretende perder tempo para traçar os reforços para o segundo semestre.

“O Noroeste já tem bons jogadores, mas é claro que eu pretendo me reunir com a diretoria, inclusive hoje (ontem) para conversar sobre alguns nomes e outras questões referentes ao clube”, concluiu o ex-zagueiro do Noroeste.

Vitor Hugo Siqueira, 43 anos

Clubes como atleta

1983/85 - Esportivo (RS)
1986 - Noroeste
1987 - Noroeste/Internacional Limeira
1988 - Noroeste/Bragantino
1989 - Guarani
1990 - Flamengo
1991 - Noroeste
1992 - Paissandu (PA)
1993 - Marília/Ceará
1994 - Sãocarlense/Ceará
1995 - Matsubara (PR)/Sãocarlense/Portuguesa Desportos
1996 - Sãocarlense/ Confiança (SE)/Ceará/Paraná Clube
1997 - Noroeste/Ceará
1998 - Fortaleza/Goiatuba (GO)/Barra do Garças (MT)/Remo (PA)
1999 - Francana
2000 - Noroeste/ Olímpia

Títulos como atleta

1986 - Acesso ao Paulista da Série A1 pelo Noroeste
1988 - Campeão do Paulista da Série A2 pelo Bragantino
1991 - Acesso ao Paulista da Série A1 pelo Noroeste
1992 - Campeão Paraense pelo Paissandu
1993 - Campeão Cearense pelo Ceará
1994 - Bi-campeão Cearense e vice-campeão da Copa do Brasil pelo Ceará
1996 - Campeão Sergipano pelo Confiança e tri-campeão Cearense pelo Ceará
1997 - Tetra-campeão Cearense pelo Ceará

Clubes que comandou

2001 - Noroeste
2002 - Acesso ao Paulista da Série A2 pelo Taquaritinga
2004 - Noroeste/Moto Clube (MA)/Cene (MT)
2004 - Sãocarlense/Noroeste, acesso ao Paulista da Série A2
2005 - Araçatuba, quadrangular do Paulista da Série A2/Rioverdense (GO), acesso à Primeira Divisão
2006 - Mineiros (GO)/Gama (DF), Série B do Brasileiro
2007 - Canedense (GO)/Uniclinic (CE)/Noroeste

- - -

Negociação de Otacílio ganha mais um capítulo

Não foi desta vez que o dirigente do Noroeste, Fernnando Garcia, anunciou o futuro do atacante Otacílio Neto. “Nós continuamos sem nenhuma novidade. Tudo está sendo analisado com calma”, explicou ontem, Garcia, por telefone, ao JC.

Sobre algum tipo de proposta oficial ou equipe que estaria na frente para contar com o atacante noroestino, Fernando Garcia foi claro. “Nós ainda continuamos vendo o que é melhor para o clube e o jogador. Após a negativa do Corinthians, o Otacílio ficou meio frustrado, então nós temos que agir com cautela e ética”, revelou o dirigente, que negou qualquer tipo de contato por parte do Palmeiras, que busca uma atacante com urgência.

“Não houve nenhuma tentativa ou contato do Palmeiras. No momento, existem propostas de times da Série A e B, e uma possibilidade de uma equipe do Japão. Eu estou empenhado para fechar o quanto antes, mas a pressa nessas horas pode atrapalhar tudo”, concluiu o dirigente, que aproveitou para dizer que o atacante Leandrinho continua com sua situação indefinida. (RA)




publicidade
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP