Bauru e grande região - Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
máx. 33° / min. 23°
23/03/10 02:00 - Em Confiança

Em Confiança

Leonardo de Brito
NOVO SHOW DO NOSSO CIRCO DE SOLEIL



Jogo no domingo, que acaba às 21h30, é dose para os jornais. Por isso, não comentei a histórica goleada do Santos, que há pouco mais de uma semana tinha pulverizado o Naviraiense, campeão de Mato Grosso do Sul, por 10 a 0. O alvinegro praiano tinha dormido vice-líder, mas voltou a manter dois pontos de vantagem sobre Santo André - o segundo colocado - com o massacre de 9 a 1 sobre o Ituano. Segundo um velho chavão, futebol é imprevisível. Outro discurso: a fase semifinal é novo campeonato. Digo isso, porque apesar de ser um líder arrasador, o Santos pode até não conquistar o titulo, já que nem sempre vence o melhor. Porém, pelo andar da carruagem e pelo futebol que vem mostrando, ninguém pode negar: o Santos é a grande força do Campeonato Estadual, disparadamente. Está vencendo e convencendo. Joga um futebol alegre até na derrota, como aconteceu contra o Palmeiras. E como os gols fazem a alegria dos torcedores, o ataque santista já marcou 45 em 15 jogos pelo Paulistão. Sem Robinho e Neymar, as principais estrelas do elenco, Paulo Henrique Ganso e André se encarregaram de comandar o espetáculo da versão brasileira do “Circo de Soleil”. O garoto André não é titular absoluto e mesmo assim, está em segundo lugar na artilharia da competição, com 10 gols. Na década de 60 era quase assim. Os reservas entravam e decidiam. O Peixe começava perdendo e acabava ganhando. Tomava três gols mas fazia quatro. Técnico escala o time, não ensina. Quem era Lula para ensinar Pelé, Coutinho e cia.? Dorival Júnior vive dizendo que não quer show e sim a vitória, sempre pregando respeito ao adversário. E o dom? Vencer dando espetáculo é melhor ainda. Golear não é falta de respeito, é para quem pode.





DESASTROSO



Saulo, do Ituano, é um goleiro desastroso. Ele tomou oito gols, domingo, e ainda foi expulso ao cometer o pênalti. Comeu um frangaço no oitavo, pois a bola passou debaixo de seu corpo. Saulo havia sofrido sete gols com a camisa do Santos, numa derrota para o Corinthians.





INUSITADO



Vocês devem saber que a decisão da Copa dos Campeões da Europa acontece num único jogo em campo neutro. Esse ano, será no Santiago Bernabeu, e o Barcelona pode fazer a festa do bicampeonato na casa do seu arquiinimigo Real Madrid.





NA FITA



Beckham vai participar do remake do filme “Fuga para Vitória”, de 1981, estrelado por famosos atores como Sylvester Stallone e Michael Caine. O meia do Milan faria o papel do soldado Terry Brady, que foi interpretado pelo ex-capitão da Seleção Inglesa, Bobby Moore, na primeira versão. Vários jogadores já haviam atuado no filme em 81, entre eles Pelé, soldado das forças aliadas. O filme se desenrola em um campo nazista de prisioneiros, durante a II Guerra Mundial.





FINO DA BOLA



Messi voltou a dar show, fazendo três dos quatro gols do Barcelona contra o Zaragoza. Rooney foi decisivo novamente na vitória do Manchester United contra o Liverpool.





DÁ-LHE, NORUSCA



Não creio que Luciano Dias venha a poupar alguns titulares no jogo de amanhã, em Catanduva. Acredito mais que o treinador queira manter a mesma pegada do embalado time. Se o Noroeste vencer nas duas rodadas restantes, pode terminar a primeira fase classificatória pelo menos em terceiro lugar. Eu pouparia só o Zé Carlos, domingo, contra o Atlético Sorocaba. Já o Catanduvense vai dar o sangue, porque se vencer, garante matematicamente sua permanência na Série A-2.





DEGOLA



O Taquaritinga pode ser rebaixado amanhã. Se perder para o Linense, em Lins, fará companhia ao Osasco e Flamengo de Guarulhos na Série A-3 de 2011.





DECADÊNCIA



Bandeirante, Portuguesa Santista e Olímpia, que já participaram da Série A-1, estariam rebaixados para a Série B, a Quarta Divisão paulista, se o campeonato da A-3 terminasse agora. A Francana, que também esteve na elite, agora não está nem entre os oito melhores da Terceirona.





NEM IGREJA



Estão roubando até pneu de carro andando, quanto mais local religioso, para a tristeza e prejuízo do Corinthians. Ladrão (ou ladrões) pé de chinelo invadiu a Capela da Fazendinha, levando objetos de valor, como candelabros, cordões de ouro e a roupa que vestia São Jorge. Fizeram um buraco na parede com saída para a Marginal Tietê.





MEMÓRIA



Campeonato Paulista de 1954 – primeira rodada: Noroeste 0 x 1 São Paulo, no antigo Estádio Alfredo de Castilho, gol de Gino. Árbitro: João Etzel Filho. Renda: 240 mil e 330 cruzeiros. Esse foi o primeiro jogo do Norusca em sua história de Primeira Divisão. Noroeste: Sidnei; Zulu e Vila; Nélson Faria, Gaspar e Aedo; Colombo, Zeola, Rebolo, Ranulfo e Luiz Marini. Técnico: Dario Letona. São Paulo: Poy; De Sordi e Mauro; Pé de Valsa, Bauer e Alfredo; Teixeirinha, Sarcinelli, Gino, Edélcio e Canhoteiro. Técnico: Jim Lopes.





CURIOSIDADE



Duas semanas antes de começar o Paulistão de 54, Gabino de Souza reuniu-se na Capital com os presidentes Cícero Pompeu de Toledo (São Paulo) e Alfredo Inácio Trindade (Corinthians). Na oportunidade, o presidente do Noroeste acertou a compra dos passes de Luiz Marini (50 mil cruzeiros) e Colombo (100 mil) junto ao Tricolor e Timão, respectivamente.





AQUELE ABRAÇO



Aquele abraço Evandro Campanha e seu mano Dedê. Evandro é colega de JC e jogou no Vila Duartina, Ubirajara, Ferroviário e Verona. Zagueirão que chegava junto, um patrão da área.




publicidade
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP