Bauru e grande região - Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019
máx. 33° / min. 23°
06/06/14 07:00 - Entrelinhas

Entrelinhas

Da Redação
Inspirados

Como em raras ocasiões, na reunião de ontem da Comissão de Obras alguns vereadores demonstraram extrema vontade para apurar eventuais irregularidades em contratos da Prefeitura de Bauru. Presidente do grupo e líder do governo, Renato Purini (PMDB) era o mais empenhado em apontar erros e buscar declarações embaraçosas de membros do governo.


Obrigação

Purini fez questão de repetir, porém, que o Poder Legislativo apenas cumpria sua obrigação e que não estava sendo movido por qualquer interesse, apesar da recente decepção demonstrada em relação ao prefeito Rodrigo Agostinho (PMDB). Leia mais na página.


Cavando

Purini e outros vereadores levantaram alguns temas para os quais o JC já havia noticiado com destaque, mas que até então não haviam despertado o desejo de investigação. Sobre o catastrófico contrato com a Demop, falou-se até em diligências nos locais de obras para verificar se o material dos tubos de galerias enterrados atendem às especificações do contrato, que ainda foi alvo de aditivo de R$ 1,2 milhão.


Calado

Muita expectativa foi criada em torno da participação do secretário de Administração, Richard Vendramini, na reunião. Um dos homens de maior confiança do prefeito, praticamente não falou, recorrendo a uma servidora da pasta para que os questionamentos dos parlamentares fossem respondidos. Alguns vereadores o consideraram despreparado e distante das questões nervais referentes à pasta.


Enrolado

Mais uma vez, o governo não cumpriu o prazo estabelecido pelo prefeito para a publicação do edital de licitação para a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Inicialmente, Rodrigo Agostinho prometia a abertura do concorrência para o último sábado. Ficou para terça e, depois, para ontem. Será que sairá a tempo?


Solução

O possível fim da primeira horta comunitária de Bauru, no Geisel, comoveu o poder público local. As secretarias da Agricultura e do Bem-Estar Social, além do DAE, uniram forças para sanar a dívida de R$ 20 mil de conta d’água do imóvel, de propriedade da prefeitura, e estão propondo caminhos para que novos problemas não voltem a afetar a produção de verduras e ervas, existente há 33 anos no local.


Decisão

Ficou para hoje a reunião que, em São Paulo, vai definir a posição do PDT na eleição para o governo do Estado. Tudo indica que a sigla dará o ex-deputado José Roberto Batochio como vice da chapa de Paulo Skaf (PMDB). Pré-candidata a deputada estadual, Maria Helena Catini e Kaio Ruiz, da juventude pedetista, são os bauruenses com direito a voto.


Por aqui

Apesar da candidatura de Catini à Assembleia Legislativa, a união estadual entre PDT e PMDB pode viabilizar uma dobradinha – mesmo que informal – entre o pré-candidato a federal, Fabiano Mariano (PDT) e Renato Purini (PMDB). Os dois vereadores já são bem próximos.


Duplicação

Junto a técnicos do DER e das empresas que executam a duplicação da Bauru-Iacanga, o deputado estadual Pedro Tobias (PSDB) fiscalizará o andamento das obras na então chamada “rodovia da morte” amanhã, às 10h, no trevo da Vila São Paulo.





publicidade
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP