Bauru e grande região - Terça-feira, 21 de novembro de 2017
máx. 30° / min. 19°
03/09/17 07:00 - Entrelinhas

Entrelinhas

Da Redação

Resíduos

O vereador Sandro Bussola (PDT), presidente da Câmara Municipal de Bauru, vai dar entrada na sessão desta segunda-feira com projeto de lei para obrigar que os grandes gerados de resíduos sólidos se responsabilizem pela destinação final, e não mais a Emdurb. Isso já é feito em outras cidades e aliviaria os cofres da empresa municipal.

Quanto?

O projeto deixa a cargo do Poder Executivo a regulamentação da quantidade mínima para caracterizar quem é grande gerador. Em alguns municípios, esse índice é de 200 litros por dia, outros, 400, indo até 500 litros. Neste caso, o prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) terá que fazer um decreto definindo qual é esta quantia mínima.

Estudos

Ao JC, o diretor de Limpeza Pública da Emdurb, Eduardo Borgo, disse que este valor ainda está em análise pela empresa municipal e que a implantação precisa ser bem feita para evitar problemas ambientais, principalmente de empresas que podem acabar enquadradas como grandes geradoras, mas não terão condições de arcar com mais esse custo.

Filiação

O empresário Alfredinho Moreira se filiou ao PPS Bauru, presidido por Arnaldo Ribeiro. Ao longo dos anos, com toda a experiência acumulada, Arnaldo não só tem se mostrado um político dos mais éticos e habilidosos, como também se especializou em montar chapas fortes de vereadores e revelar nomes novos na política.

Hotelaria

A prefeitura assinou ata de registro de preço para contratar serviço de hospedagem em Bauru, com o objetivo de hospedar pessoas de fora quem venham à cidade, como artistas, desportistas e técnicos, em eventos organizados ou com apoio da prefeitura. Estão previstas até 1.274 hospedagens em quarto individual, ao custo de R$ 102,40 a diária, e 949 em quarto duplo, ao custo de R$ 123,45 cada.

Menor

A quantidade estimada é menor do que a do último contrato, com a mesma empresa, pois em 2016 a ata de registro de preços previa até 1.738 diárias de quarto individual, por R$ 102,00 cada, e mais 2.034 em quartos duplos, com diária de R$ 116,92. A prefeitura informou que nem toda a quantia do ano passado foi usada, o que pode se repetir agora.

Total

Caso todas as diárias sejam utilizadas, o custo da ata atual chegará a R$ 247.241,30, contra o limite de R$ 593.481,80 do ano passado. Esportes, Cultura e Desenvolvimento Econômico são os setores com maior demanda. No caso da Semel, é pelo fato de Bauru muitas vezes sediar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, Copa São Paulo de Ciclismo e outros eventos, como a Liga das Américas de Basquete. Nas demais pastas, eventos de outros tipos.

Orçamento

O Plenário da Câmara Municipal sediou, na noite desta sexta-feira, Audiência Pública promovida pela Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Assembleia Legislativa do Estado. Na reunião, foram apresentadas e discutidas sugestões para o Orçamento do Governo Paulista para 2018, com foco nos 39 municípios que integram a região administrativa de Bauru. As três áreas escolhidas como prioritárias foram: Educação (18%), Saúde (17%) e Segurança Pública (10%). Nas próximas edições, mostraremos o que os deputados Pedro Tobias e Celso Nascimento propuseram para Bauru.





publicidade
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2017 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP