Bauru e grande região - Domingo, 24 de setembro de 2017
máx. 33° / min. 19°
04/09/17 07:00 - Entrelinhas

Entrelinhas

Da Redação

Locações

Em breve, a Prefeitura de Bauru deve começar a alugar veículos, em forma de teste, informou o secretário de Administração, David Françoso. Inicialmente, a administração municipal pretende aferir se, de fato, a locação de carros é mais vantajosa financeiramente do que a manutenção de frota própria. Por enquanto, a ideia é locar apenas veículos leves (carros).

Sorocaba

David Françoso vê como boa a possibilidade de o aluguel de carros se revelar vantajoso e citou o exemplo de Sorocaba, que já adota o procedimento na linha leve há sete anos. Já os veículos pesados, como caminhões, a prefeitura pretende manter frota própria, até pela demanda das diversas secretarias e pelas especificidades desse tipo de veículo. A busca pela racionalização dos recursos públicos deve ser incessante.

Antiga

O maquinário da prefeitura sofre, em vários setores, com o peso da idade. O vereador Markinho Souza (PP), que é o líder do governo no Poder Legislativo, afirmou que os servidores que estão trabalhando no recape da avenida Nuno de Assis usam máquinas com até 50 anos. O pepista disse que espera, assim que possível, a aquisição de novos equipamentos, para melhorar a produtividade.

Cobrança

O vereador Ricardo Cabelo (PPS) segue cobrando a entrega da Unidade de Saúde da Família do Jardim Chapadão, na região do Mary Dota. O parlamentar já tratou do assunto mais de uma vez na Câmara e destaca que o local acabou se tornando abrigo para usuários de drogas, além de ser alvo de depredações.

'Parada Legal'

Após ter cobrado, na semana retrasada, o cumprimento da lei municipal de 2016 que criou o Programa "Parada Legal", o vereador Miltinho Sardin (PTB) foi informado pela Emdurb que os usuários do transporte coletivo já podem solicitar o desembarque dos ônibus do transporte circular urbano fora dos pontos de parada após as 21h. O parlamentar informa que todos os motoristas do sistema já estão cientes da regra

Anotação

Ao questionar a lentidão de alguns setores do governo para responder às demandas dos vereadores, José Roberto Segalla (DEM) disse que o prefeito deveria designar um funcionário para assistir às sessões da Câmara e anotar os pedidos dos parlamentares. Para o demista, mesmo aquilo que não pode ser feito de imediato merece um retorno com essa satisfação ao parlamentar. Além de usar a tribuna nas sessões, os vereadores também podem fazer cinco pedidos via requerimento por semana.

O limite

O secretário de Finanças, Everson Demarchi, diz que houve redução de gasto com pessoal nos últimos dois meses, desde que a nova fórmula de cálculo do Tribunal de Contas do Estado passou a valer, mas ainda assim está acima do índice de 51,3% do Orçamento, percentual do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal. O prefeito Clodoaldo Gazzetta (PSD) aposta no projeto de lei que permitirá a caracterização da Fundação Regional de Saúde em Organização Social (OS) para mudar o cenário.





publicidade
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2017 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP