Bauru e grande região - Domingo, 19 de novembro de 2017
máx. 27° / min. 22°
10/09/17 07:00 - Tribuna do Leitor

Muita calma nessa hora!

Myrian Macedo

Não compreendo por que estão tentando imputar uma derrota política ao Rodrigo Janot uma vez que, perante uma delação premiada, cujo teor pretende-se investigado posteriormente, uma revisão consta dos termos do acordo caso o delator minta ou não apresente as provas que prometeu.

O Procurador Geral da República recebeu a delação dos executivos do grupo J&F e quando foi alertado sobre fraudes por parte deles imediatamente tomou medidas de revisão, e, como bem disse Dora Kramer, essa atitude deixa claro que Janot não sobrepõe suas convicções aos fatos.

Os delatados, políticos em sua maioria, aproveitando-se bem da situação, querem arrasar com o instituto da delação premiada, e, pior, querem anular provas e com isso acabar com as denúncias de crimes que recaem sobre eles, desmoralizando nossas instituições e nossas autoridades do Judiciário. É o que de melhor sabem fazer: lutar por si próprios! Muita calma nessa hora, gente!





publicidade
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2017 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP