Bauru e grande região - Sábado, 23 de fevereiro de 2019
máx. 31° / min. 23°
10/02/19 07:00 - Tribuna do Leitor

PCCS

Luiz Antonio de Oliveira - ajudante geral, técnico em administração e topógrafo

É sabido: o que onera o erário público é totalmente a corrupção que provem da política, esta que não alavanca o progresso do nosso país. Lendo notícia na coluna Entrelinhas (08/02/2019), um edil está muito preocupado - não é de hoje - com o gasto com o funcionário público concursado, o que dá a entender que é o funcionário público legalizado que está colocando nas orlas do abismo nossa querida Bauru.

Nunca li no JC vereador algum falando dos gastos que eles próprio dão aos cofres da prefeitura e muito menos de assessores, cargos de confiança etc etc etc... O que seria um louvor que se tornasse público através da imprensa os gastos desnecessários dessa incorporação política.

Para o seu controle e dos demais edis, nós, funcionários públicos concursado, estamos em defasagem de mais de 25% em nossos proventos, acúmulo esse propiciado por prefeitos que indubitavelmente com sua caneta de ouro sancionaram 0,01% aos nossos proventos.

Tenho certeza que vocês trabalham bebendo sua água gelada, seu cafezinho - que é comprado com o dinheiro público - e nós fazemos "vaquinha" para comprar o nosso. Antes de qualquer direcionamento em relação a gastos com pessoal, procurem se informar em que situação encontra-se o funcionário público concursado. Saiam às ruas para entender como funciona os trabalhos de campo e nos escritórios e terão uma noção das engrenagem da prefeitura.

Vocês, edis, têm o direito de expor suas opiniões, assim como nós temos o direito à réplica. Mas, por favor, tenham consciência e não seja, dúbios em suas colocações.

Pergunto agora ao ilustríssimo edil das Entrelinhas: qual é a sua preocupação?

Vocês, vereadores, prefeitos, governadores, deputados, senadores e ministros topariam trabalhar por um salário de R$ 1.000,00 e sem regalia? Por que tanto partido político? Querem tirar os diretos dos trabalhadores de qualquer maneira e doa a quem doer, enquanto a dívida do nosso Brasil aumenta a cada minuto pela roubalheira de partidos políticos.

Isso tem que mudar. Lamentável!





publicidade
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP