Bauru e grande região - Quarta-feira, 17 de julho de 2019
máx. 22° / min. 10°
15/05/19 07:00 - Tribuna do Leitor

Vamos salvar a Panela?!

Antonio Pedroso Junior, o Chinelo.

À distância acompanho a polêmica sobre o leilão do ginásio Panela de Pressão, com a finalidade de pagar dívidas trabalhistas do Norusca. Não é o primeiro imóvel do clube a ser leiloado com a mesma finalidade, afinal, ao que consta, a área que era destinada ao natimorto Clube Campestre teve o mesmo destino. Pessoas da cidade movimentam-se querendo impedir o leilão, afinal, como parte de pagamento do Complexo Esportivo dos Altos da Vila Pacífico, entrou um terreno que havia sido doado para o clube pela Prefeitura de Bauru e nossa Câmara Municipal, à época presidida por Milton Dota, exigiu a colocação de cláusulas restritivas, como a vedação da venda e da impenhorabilidade. Hoje, ao que consta, a Justiça do Trabalho considera que a impenhorabilidade não se aplica a dívidas trabalhistas.

E as chamadas forças vivas de nossa cidade vão ficar silentes com a depredação histórica do patrimônio de nosso Norusca que tantas glórias deu a cidade no passado? Vão deixar a histórica Panela de Pressão ser leiloada, demolida, dando lugar para algum empreendimento imobiliário, comercial ou religioso? Entendemos ser a hora de todos bauruenses se unirem com a finalidade de ser paga a dívida trabalhista, ajudar o clube se reestruturar e voltar a dar alegrias para nossa Bauru. Apoiar o atual presidente e sua diretoria, para que o clube saia desta situação, transformando a gloriosa Panela em um grande centro esportivo-cultural, como já foi no passado.

Os artistas da cidade poderiam se unir e fazer um grande show no Alfredão, arrecadando fundos para pagar a dívida. Os esportistas, poderiam realizar competições na Panela, com o mesmo objetivo. A união de todos pode vir a salvar este patrimônio da cidade. Mãos à obra!





publicidade
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP