Bauru e grande região - Quarta-feira, 26 de junho de 2019
máx. 30° / min. 17°
09/06/19 07:00 - Tribuna do Leitor

A cognominada onda belga

Professor Gilberto Sidney Vieira

Entre 1989 e 1991 houve um inusitado recrudescimento de ufos nos céus da Bélgica. Quem protagonizou uma investigação oficial foi o então coronel-aviador Wilfried de Brouwer, que já tinha 22 anos como piloto militar de caças. Não tirava conclusões precipitadas. Nunca fora, máxime em ufologia, um nefelibata. Sabia separar o joio do trigo. Dos 2.000 casos analisados restaram, "mutatis mutandi", apenas 650 casos dignos de meticuloso estudo. Seria inexequível, haja vista o emblemático número de casos, elencar todos eles neste texto.

Pinçamos alguns casos, que reputamos "sui generis", por envolverem insólitos ufos na forma de triângulos equiláteros, com 3 luzes brancas em cada ponta e uma luz rubra piscante por baixo e no centro. Objetos velocíssimos, muito além da velocidade padrão de nossos aviões militares. Executam manobras bruscas, em pleno voo, em ângulo reto (?!). Param instantaneamente, em alta velocidade, pairam no ar. Jamais alcançados ou abatidos por aviões militares. Aparecem ou somem num piscar de olhos. Em 29/11/89, às 15h15, um ufo triangular foi visto na fronteira com a Alemanha, em baixa altitude, na estrada de Liège, por Heinrich Nicolli e Hubert von Montigny, policiais rodoviários federais. O ufo dirigia-se para Eupen. No mesmo dia, com o testemunho dos 2 policiais supracitados, às 18h45, um outro ufo triangular surgiu do nada por cima de um bosque. Bailava no espaço, com evoluções mirabolantes.

Alguns minutos depois, evaporou diante os olhos dos policiais. Em 11/12/89, às 19h45, o coronel (engenheiro militar) do exército belga, André Armond e esposa viajam num carro dirigido por ele, perto de Liège. Eles então viram um ufo triangular, a uns 100 m de distância. Ele conduziu calmamente o veículo para o acostamento, no intuito de melhor observar o objeto voador, A esposa, tomada de um frisson, rogou que partissem incontinenti. Mas o ufo fez um giro circular, silencioso, para a esquerda, acelerando feericamente, rumo ao zênite. Na mesma data, no mesmo horário supracitado, no mesmo local, outra testemunha viu a bordo de um trem de passageiros em movimento, o mesmo ufo triangular. Em dezembro de 1990 o comandante da força aérea belga declarou incisivamente à mídia que "...os ufos triangulares têm desempenho de voo inacreditável, desafiam as leis da física, da aerodinâmica. Tais objetos voadores não combinam com qualquer capacidade tecnológica conhecida no planeta..." .

Em novembro de 2007, naquela época já um general aposentado,Wilfried Brouwer, participou no Clube de Imprensa, em Washington, DC, de uma conferência internacional, da qual participaram antigas autoridades militares (aposentadas) e altas autoridades civis (aposentadas) tendo como pano de fundo a verdade fática dos famigerados ufos. Tais militares (aposentados) e altos funcionários civis(aposentados) são oriundos dos seguintes países: Alemanha, Inglaterra, França, Canadá, Bélgica e Estados Unidos.

 





publicidade
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP