Bauru e grande região - Terça-feira, 18 de junho de 2019
máx. 27° / min. 16°
11/06/19 07:00 - Tribuna do Leitor

O circo do PT contra Moro

Paulo Panossian

Hackers que, infelizmente, agem por toda parte do mundo conseguiram criminosamente atacar os celulares do ex-magistrado e hoje ministro da Justiça, Sergio Moro, e de procuradores da República.

E o site The Intercept Brasil divulgou supostas falas de Moro com o procurador Deltan Dallagnol, do período que cuidava da Lava Jato. Que, a meu ver, essas falas não ferem e nem podem gerar suspeitas de conchavo contra os investigados nas operações da Lava Jato.

Como bem afirmou o vice Hamilton Mourão, "conversa privada é conversa privada"! Porém, a oposição, e principalmente o PT, através de advogados de Lula, querem incendiar o País, sonhando com a anulação da condenação deste chefe de quadrilha e ex-presidente, preso há mais de um ano em Curitiba. Inclusive, já circula pela internet versão adulterada das supostas falas de Moro.

Coincidência ou não, este excrescente movimento ocorre no exato momento em que a reforma da Previdência ganha apoio da sociedade, de boa parte do Congresso, e principalmente também dos governadores e prefeitos, para que este Brasil, literalmente quebrado pelo PT, encontre novamente o caminho saudável do equilíbrio fiscal, crescimento econômico e recuperação de empregos.

Ou seja, outra farsa do PT. Então seria hora também de colocar dúvidas sobre até encontros de autoridades, principalmente do Judiciário, que ocorrem frequentemente com políticos, lideres de partidos, etc, que vão aos gabinetes até de membros do Supremo.

Como também de juízes que pedem informações sobre ações em curso para procuradores, polícia federal etc. O que dizer então que o próprio Gilmar Mendes visitava corriqueiramente o Palácio do Jaburu, o ex-presidente Michel Temer, e não foi contestado?!

Ora, se é um grave problema ético, que se crie lei para impedir esses contatos. O que seria um absurdo... Porém, infelizmente, no Brasil, serve somente para fazer esse circo de horrores contra figuras de reputação inabalável como a do ministro da Justiça, Sérgio Moro.





publicidade
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP