Bauru e grande região - Terça-feira, 23 de julho de 2019
máx. 29° / min. 15°
09/07/19 07:00 - Tribuna do Leitor

'Visita à velha senhora' - 'obrigado!'

Professor Carlos Alberto Alves Neves, filho da professora Celina

Ao sr. José Carlos Brandão, membro da Academia Bauruense de Letras, que comemorou 26 anos em 7 de julho.

Nós, da família Alves Neves, agradecemos ao sr. pela bela homenagem que fez a nossa mãe, prof.ª Celina Lourdes Alves Neves, relatando lindamente o seu contato acadêmico primeiro com nossa mãe.

Realmente o sr. relatou com uma enorme clareza o que acontecia na casa de D. Celina, quando, já acamada, numa cama hospitalar, mas sem perder a sensibilidade que lhe era natural, com seus olhos vivos, fixos na porta lá na frente para ver quem chegava, pois da sua posição de inválida não aceitava ficar inerte, estava sempre interagindo com as pessoas, e o dia todo.

Eram pessoas que iam beber na fonte da sabedoria infinita de que ela era possuidora, eram pessoas que iam levar seus poemas e versos, violeiros que iam cantar suas canções favoritas, enfim na casa de D. Celina a movimentação era intensa o dia todo.

Conforme relato do sr., hoje a "Casa de Cultura Celina Alves Neves", sob a orientação do meu irmão, prof. Paulo Neves, seu filho administrador de empresas, Thiago Neves e sua filha diretora teatral Thalita Neves, mantem acesa a chama da cultura que minha mãe implantou naquela mesma casa.

"Ela tinha dentro de si uma força que poucos homens ou mulheres têm".

É verdadeira essa sua afirmação. Minha mãe tinha uma enorme força interior em sempre procurar saber mais e mais, em doar-se aos outros com um amor enorme aos seus semelhantes.

Enfim, meu caro sr. José Carlos Brandão, realmente a visita à velha senhora foi maravilhosa. Obrigado!





publicidade
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP