Bauru e grande região

 
Eleições 2020 - Cobertura Multimídia

Suéllen Rosim é a primeira mulher eleita prefeita em Bauru

Com 100% das urnas apuradas, Suéllen teve 55,98% dos votos e Raul 44,02%

por Thiago Navarro e Márcia Duran

29/11/2020 - 17h36

Aceituno Jr.

Suéllen Rosim votou na FOB/USP

A jornalista Suéllen Rosim, 32 anos, foi eleita prefeita de Bauru com 89.725 votos no segundo turno, 55,98% dos votos válidos. O segundo colocado foi o médico Raul Gonçalves Paula (DEM), que ficou com 70.558 votos, 44,02% dos votos válidos. Os votos nulos somaram 16.373 votos - 8,89%. Os brancos foram 7.457 votos - 4,05%. As abstenções somaram 86.636 eleitores.

Suéllen Silva Rosim nasceu em Dourados/MS e viveu durante vários anos em Birigui, onde seu pai, Dozimar Rosim, é vereador. Ela estudou Jornalismo em Araçatuba e se mudou para Bauru, onde trabalhou como repórter e apresentadora na TV Tem (afiliada da Rede Globo), ficando conhecida do público.

Há dois anos, Suéllen se candidatou a deputada estadual, obtendo 36.049 votos, sendo 15.572 deles em Bauru. Em sua primeira eleição, acabou como primeiro suplente de seu partido, o Patriota. Em 2019, ela transferiu seu domicílio eleitoral para Bauru, e passou a ser a presidente municipal da legenda, saindo candidata a prefeita. Mesmo com apenas 14 segundos no horário eleitoral, conseguiu terminar o primeiro turno como a mais votada.

PRIMEIRA MULHER

Com o resultado da eleição, Suéllen será a primeira mulher a ocupar o cargo de prefeita em Bauru. Até então apenas uma mulher tinha ocupado cargo eletivo no Poder Executivo - Estela Almagro (PT), que foi vice de Rodrigo Agostinho (PSB) entre 2009 e 2016. Na Câmara, a participação feminina ainda é pequena, mas crescente.

A primeira mulher eleita vereadora foi Majô Jandreice, em 1992, pelo PCdoB. Depois, também atuaram na Câmara as vereadoras Catarina Carvalho, Chiara Ranieri, Telma Gobbi, Yasmim Nascimento e Maria Helena Catini - esta última era suplente e ficou por duas semanas no cargo, no ano passado.

Na próxima legislatura, que começa em 2021, a Câmara terá três mulheres, com Chiara Ranieri (DEM) e Telma Gobbi (PP), que foram reeleitas, e Estela Almagro (PT), eleita pela primeira vez para o cargo.

RESULTADOS

Suéllen: 55,98% - 89.725 votos

Raul: 44,02% - 70.558 votos

Brancos: 4,05% - 7.457 votos

Nulos: 8,89% - 16.373 votos

Abstenções: 86.636 eleitores

Total de urnas apuradas: 100%

Ler matéria completa