Bauru e grande região - Sábado, 21 de abril de 2018
máx. 30° / min. 13°
21/04/2018
Em Confiança

PIPOQUEIRO 

O São Paulo tem bons jogadores do meio para frente. Jucilei, Petros, Diego Souza, Nenê, Tréllez e Cueva, entrem outros, não vivem boa fase mas não podemos negar que são experientes. Só que contra o Atlético-PR faltou experiência em todos os setores do time, principalmente no defensivo. Venho dizendo há tempo que a defesa são-paulina é mais ruim do que pinga de litro. Não dá para engolir dois gols sofridos após conseguir a vantagem que a equipe de Aguirre queria. Outra grande decepção do Tricolor, que costuma pipocar em mata-matas. A eliminação em pleno Morumbi foi a 18ª em 13 anos. Um melancólico adeus à Copa do Brasil, competição que o clube nunca conquistou. Embora ainda tenha o Brasileirão e a Copa do Brasil, acho que o ano acabou para o São Paulo.

TRUNFO

Bruno Henrique é a novidade do Santos contra o Bahia na Fonte Nova, pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante, chamado pelos colegas de Bolt e The Flash, por ser muito veloz, deve entrar no 2º tempo. Jair Ventura queria escalar três atacantes - Rodrygo, Gabigol e Bruno Henrique - mas resolveu manter o 4-4-2 com Léo Cittadini. Bruno é o trunfo do Peixe, que venceu o Ceará na estréia

ACESSO

A dupla campineira busca a reabilitação na Série B, que tem cinco jogos hoje no fechamento da 2ª rodada. Batido pelo Fortaleza, o Guarani recebe o Sampaio Corrêa à tarde no Brinco de Ouro. A Ponte Preta, que perdeu para o Paysandu, joga fora de casa contra o Criciúma à noite.

PRÁ FECHAR

A equipe do competente técnico Demétrius Ferracciú mostrou competência na boa vitória sobre o temível Franca na casa do adversário. O Bauru Basket volta a jogar hoje no Pedrocão, e se vencer garante vaga nas semifinais do NBB, coisa que uns e outros duvidam.

FALA SÉRIO

Segundo Valdívia, o São Paulo não venceu "mas jogamos bem e estamos de parabéns". De parabéns eliminado em casa? Só que Valdívia é o único do time que faz alguma coisa boa.

MEMÓRIA

Paulistão de 1985: Corinthians 1 x 0 Noroeste, no Pacaembu, gol de Casagrande. Árbitro: Dulcídio Vanderlei Boschillia. Público: 21 mil. Corinthians: Solito; Edson, Mauro, De León e Vladimir; Vágner, Biro-Biro e Casagrande; Eduardo (Paulo Sérgio), Serginho Chulapa e João Paulo. Técnico: Mário Travaglini. Noroeste: Alexandre; Valter Nascimento, Dedê, Carlão e Ferreira; Marcão, Murilo e Edinho; Bira, Washington e Jânio. Técnico: Celso Marão.

AQUELE ABRAÇO

Aquele abraço Vagnão, Cássia e todos do General Bar, QG democrático.

Leonardo de Brito
publicidade


 
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2018 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP