Bauru e grande região - Segunda-feira, 22 de abril de 2019
máx. 31° / min. 17°
21/04/2019
Em Confiança

É HOJE

Será conhecido esta tarde em Itaquera o campeão de 2019, numa inesperada final entre Corinthians e São Paulo, que deixaram para trás o badalado e então favorito Palmeiras, além do Santos, time que exibiu o futebol mais vistoso do Campeonato Paulista. Atual bicampeão e maior ganhador da competição, corintianos buscam o tri, portanto, e o 30º título estadual. Já os são-paulinos têm 21 títulos e querem se igualar aos palmeirenses e santistas, que ergueram a taça 22 vezes. Além disso, tenta quebrar um tabu de 14 anos, porque venceu o Paulistão pela última vez em 2005. No Alvinegro, o DM liberou Danilo Avelar mas vetou Júnior Urso. No Tricolor os desfalques são Liziero e Pablo. Como palpite faz parte da cultura futebolística, acho que o clássico termina em 0 a 0 e dá Timão nos pênaltis.

OBRIGAÇÃO

Pelo investimento feito, e a vantagem de poder perder para o Vasco por um gol de diferença, o Flamengo tem a obrigação de conquistar o Campeonato Carioca hoje no Maracanã.

ACESSO

Começa a definição do acesso à Série A2. Monte Azul joga em casa mas o Desportivo Brasil deve conseguir pelo menos o empate. Na outra semifinal de improváveis, Audax recebe o Barretos e creio na experiência do time de Osasco. O Touro do Vale tem mais empolgação do que futebol. Já a Série A2 define outro promovido à elite. O Santo André pode perder em Diadema por um gol de diferença. O Água Santa terá que vencer por 3 a 0, 4 a 1, 5 a 2...

MULTICAMPEÃ

Batendo a Fiorentina, Juventus conquistou o Campeonato Italiano pelo oitavo ano seguido, com 20 pontos a mais que o vice Napoli. Com 35 títulos, Juve é a maior ganhadora do país.

MEMÓRIA

Eliminatórias da Copa de 1970: Brasil 1 x 0 Paraguai, no Maracanã, gol de Pelé. Árbitro Ramon Barreto. Brasil: Félix; Carlos Alberto Torres, Djalma Dias, Joel e Rildo; Piazza e Gérson; Jairzinho, Tostão, Pelé e Edu. Técnico: João Saldanha. Paraguai: Aguilera; Isidro, Bobadilla, S. Rojas e Mendoza; Sosa e Ocampos; Ivaldi, P. Rojas, Ferreira e Jimenez. Técnico: Jose Maria Rodríguez.

CURIOSIDADES

Maior público da história do Maracanã foi nesse jogo: 210 mil pessoas, para 184 mil pagantes. Recorde anterior na final da Copa do Mundo de 1950: 200 mil torcedores, com 175 mil pagantes. Oito santistas foram titulares da Seleção no qualificatório sul-americano de 1969. No último jogo, contra o Paraguai, goleiro Cláudio e volante Clodoaldo foram substituídos por Félix e Piazza.

AQUELE ABRAÇO

Aquele abraço palmeirense Camilo, Rei de Gália.

 

publicidade


 
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2019 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP