Bauru e grande região - Quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018
máx. 30° / min. 19°
22/02/2018
Em Confiança


CHAMAMOS MAS NÃO É



Chamamos o duelo entre Noroeste e Marília de dérbi mas não é, como lembrou a edição de ontem do nosso caderno de esportes (Você sabia?). Dérbi é o confronto entre equipes da mesma cidade. Convencionou-se também a chamar samba ruim de pagode e Brasil de penta (foi tri e tetra) mas segundo a definição acadêmica da Língua Portuguesa, nossa Seleção é só bicampeã mundial. Tri, tetra e penta é quando se ganha o título três, quatro e cinco vezes seguidas. Vale lembrar que erguemos a taça em 1958, 1962, 1970, 1994 e 2002. E o pagode não pode ser coisa ruim, já que o nome do maior sambista é Zeca Pagodinho, seguido de Aragão, Arlindo Cruz, Paulinho da Viola e Martinho da Vila entre outros. Aqueles chamados de pagodeiros - Jeito Moleque, Só Prá Contrariar, Catinguelê - sumiram, não existem mais. Mas o papo reto é dérbi e Bauru já teve o dele, o No-Lu: Noroeste x Lusitana. Guarani x Ponte Preta é o dérbi de Campinas, todos sabem e Ca-Ju o de Caxias do Sul: Caxias x Juventude; Gre-Nal de Porto Alegre; Ba-Vi: Bahia x Vitória de Salvador e Re-Pa: Remo x Paysandu de Belém. Londres tem vários dérbis e o mais emblemático é Arsenal x Tottenham. Norusca x MAC é um clássico regional e não dérbi.



BOCA DE SIRI



Gustavo Vieira assumiu o cargo de diretor-executivo do Santos no final de 2017 e foi demitido anteontem. O filho de Sócrates criticou a política no Peixe, só que jogadores, comissão técnica, funcionários, não podem se meter em política. Todos que apoiaram Modesto Roma dançaram. Serginho Chulapa ficou neutro na eleição e segue bem empregado. Como diz o carioca, boca de siri.



COMODISMO



Quando o Noroeste perdeu em Barretos um atleta e um cronista disseram que é desumano jogar às 10h. Mas era horário de verão, 9h na hora verdadeira. Pior é 17h, jogo do domingo na Globo, e não dá prá jogar só à noite. Não quer sol, chuva, lama, então vá jogar basquete, vôlei. Outra coisa que me irrita é criticar o calendário. Não tem jeito, só se acabar com Copa do Brasil, desistir da Liberadores etc. e tal.



GOSTEI



Assim como na Champions League, a decisão da Libertadores terá jogo único em campo neutro. Gostei. Isso nem foi aprovado e já aparecem cidades candidatas, entre elas Lima, Medellín e Fortaleza. O Conselho da Conmebol se reúne a partir de hoje em Punta del Leste e tudo indica que aprovará a grande novidade que entrará em vigor na Libertadores de 2019.



CONTRASTE



Enquanto Willian foi destaque do Chelsea e do jogo, o compatriota Paulinho (Barcelona) foi mal. Mais perdido do que cego em tiroteio, o volante não sabia o que era sua função.



CUTUCADA



"Todos estão na sombra de Messi. Se Neymar não quiser ficar na sombra, precisa mudar de esporte". Foi o que disse o ex-jogador Thierry Henry, agora comentarista da TV francesa



MEMÓRIA



Amistoso/1969: BAC 3 x 1 São Bento de Marília, em Bauru, gols de Zé Carlos Coelho, Nei e Pedrinho. Didi descontou. Árbitro: Wilson Zeferino. BAC: Navarro (Xexa); Maurinho Xuxu, Manolo, Otacílio Garms e Pinga; Sagres (Crisante) e Pedrinho; Helinho, Dico, Zé Carlos (Luizinho) e Nei. São Bento: Maurício; Losa, Pitico, Pedrosa e Delém; João Luís e Dudu; Oliveira, Didi, Hermes e Afonso.



CURIOSIDADE



Esse jogo foi no Estádio Antônio Garcia, agora Supermercados Tauste. Em meados dos anos 50 o São Bento virou Marília. O São Bento foi reativado em 1965 e extinto em 1970.



AQUELE ABRAÇO



Aquele abraço e parabéns ótima jornalista Ana Paula Pessoto.


Leonardo de Brito
publicidade


 
Projeto Cidade Promoções e Eventos
(SF) © Copyright 2018 Jornal da Cidade - Todos os direitos reservados - Atendimento (14) 3104-3104 - Bauru/SP