Bauru e grande região

Bairros

Moussa Tobias gravou seu nome na história e endereços de Bauru

Imigrante libanês, o empresário e ex-vice prefeito é um dos que teve o nome imortalizado em espaços da cidade em que foi líder

por Ana Beatriz Garcia

14/07/2019 - 07h00

Malavolta Jr.
Aeroporto Moussa Tobias homenageia célebre político e empresário

Além da avenida que guarda seu nome, Moussa Nakhl Tobias ainda é homenageado pelo Aeroporto Estadual de Bauru-Arealva desde maio de 2006. O empresário bauruense de origem libanesa também exerceu o cargo de vice-prefeito de Bauru e era um líder em vários segmentos. O Aeroporto de Bauru é uma das importantes conquistas recentes de Bauru e região. Trata-se de uma ferramenta fundamental para o progresso da cidade. O aeródromo tem uma infraestrutura moderna, um terminal de passageiros com 2.500 metros quadrados, pista principal, pista de taxiamento, pátio de manutenção de aeronaves e um pátio de embarque/desembarque com capacidade para sete Boeings 737 simultaneamente.

Malavolta Jr.
Aeroporto Bauru-Arealva leva nome de Moussa Nakhl Tobias

Há também estacionamento, locadora de veículos, lanchonete, bem como áreas destinadas, por exemplo, a lojas e caixas eletrônicos.

O nome do local guarda a memória do empresário e político que nasceu em 25 de outubro de 1940, na cidade de Bekarzala, no Líbano. Ao completar seus estudos, Moussa veio para o Brasil, onde já estavam seus irmãos. Ele desembarcou em Bauru em março de 1959. Começou a trabalhar como mascate e logo montou a Têxtil Everest, na rua Araújo Leite. Em 1987, Moussa construiu em Bauru a Sukest, fábrica de sucos, goma de mascar, balas e drops.

Reprodução
Moussa Nakhl Tobias era libanês e veio para Bauru em março de 1959

Conhecido por suas ponderações e natural liderança, tinha trânsito livre em todas as segmentações políticas da cidade. Por mais de duas décadas militou no PMDB, partido do qual também foi presidente. Também foi presidente da Cohab-Bauru de 1983 a 1985. Em 1992, recebeu o Título de "Cidadão Bauruense". Moussa ainda foi eleito vice-prefeito.

O empresário foi ainda presidente do Conselho Deliberativo e do Bauru Tênis Clube (BTC), presidente do Conselho do Esporte Clube Noroeste, da Associação Hospitalar de Bauru, presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) de Bauru, presidente do Clube Monte Líbano de Bauru por várias vezes e participante ativo do Rotary Clube. Em dezembro de 2003, aos 63 anos, Moussa faleceu vítima de câncer de pulmão.

Você sabia?

A galeria de ex-presidentes do Bauru Tênis Clube (BTC) também leva o nome de Moussa Tobias, em forma de homenagem ao ex-empresário.

 

 

Vinicius Bomfim
Palácio das Cerejeiras, em Bauru, também faz homenagem

Outras homenagens

Mesmo que não seja a uma personalidade, o importante prédio que hospeda a prefeitura da cidade também faz uma homenagem. O Palácio das Cerejeiras foi inaugurado em 1 de agosto de 1965, na gestão do prefeito Nuno de Assis, tendo projeto original do arquiteto Zenon Lotufo, que incluía dois prédios principais: o Paço Municipal e a Câmara.

No entanto, esse segundo edifício, que ficaria ao lado da prefeitura, nunca foi construído. Em seu lugar foi criado um jardim oriental em homenagem à grande colônia japonesa que vive em Bauru. Por conta disso, o local ficou conhecido como Praça das Cerejeiras, que deu nome ao Palácio.