Bauru e grande região

Bairros

Atualização e serviço em 84 comissões

OAB Bauru atua com cerca de 500 advogados em frentes distintas que atendem às demandas dos advogados e da comunidade local

por Ana Beatriz Garcia

11/08/2019 - 06h00

JuRehder

Comissões OAB

Mais que uma entidade de classe, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) atua em diversas frentes para manter constante atualização para os profissionais federados e oferecendo orientação para temáticas nem sempre conhecidas da comunidade local.

Em Bauru, aproximadamente 4.400 advogados são federados à subseção, sendo que cerca de 500, participam ativamente em 84 comissões, número que a coloca como segunda com mais comissões, atrás, apenas, da OAB Estadual.

No dia do advogado, comemorado neste domingo (11), o JC nos Bairros mostra um pouco da atuação de algumas dessas comissões e das orientações jurídicas que os advogados levam das salas da OAB para diversos setores da cidade.

FINALIDADES

Para Marcia Negrisoli, presidente da OAB Subseção Bauru, o alto número de comissões é um bom indicativo, já que elas têm por finalidade movimentar os profissionais e oferecer serviços à comunidade. “Somos os segundos no Estado em número de comissões e isso é muito positivo, porque agrega mais colegas trabalhando pela advocacia e estando na OAB. É uma forma de valorizar nossa profissão e a trazer assuntos de interesse para a nossa cidade”, explica.

Segundo ela, são três os tipos de comissões na OAB. “Existem as que trazem assuntos de interesse para os advogados, como as voltadas para o estudo de Direito Civil, Tributário, Constitucional, Processo Civil entre outras. Elas servem para a constante atualização dos profissionais e é aberta aos estudantes de direito e operadores”, destaca. “Outro viés é a integração com a comunidade e, nessas comissões, aceitamos membros que não sejam só advogados. Temos essa interlocução com outros profissionais que trabalham com os problemas locais”, conta.

COMUNS

Marcia também apresenta as comissões que são voltadas à profissão, como a de Comissão de Ética e Disciplina, utilizada quando algum advogado comete uma infração ética. “Essa comissão é responsável por avaliar e julgar a situação. Assim também com a Comissão de Prerrogativas, que atua quando existem prerrogativas violadas”, afirma.

Das 84 comissões, cerca de 10 são permanentes, ou seja, todas as subseções têm que ter. As demais, são criadas de acordo com a demanda local. “Temos diversas demandas que chegam à nossa subseção, além das que os advogados apresentam e requerem para o surgimento de uma comissão”, finaliza.

Diferenciais

Além de levar essas temáticas jurídicas, gratuitamente, para as profissionais e interessados, os eventos da OAB Bauru também têm viés filantrópico. “A nossa atualização é um dos pilares da nossa profissão para a cidadania, já que defendemos os direitos dos cidadãos. Esses congressos custam caro em outras cidades, mas nós buscamos patrocínios. A OAB Estadual também conta com muitos palestrantes bons que vem gratuitamente. Então, os nossos eventos tem esse caráter filantrópico, arrecadando leites em pó para que doemos, posteriormente, para as entidades cadastradas. Por ano, fazemos a doação de muitos itens”, afirma a presidente Marcia Negrisoli.
Ela ainda destaca que nas 84 comissões, há um número igual de mulheres e homens coordenando. “Isso é um ponto que a diretoria fez questão de implementar para trazermos a igualdade de gênero na nossa gestão. Temos trabalhado bastante no sentido de valorizar a nossa profissão. Além disso, com os processos digitais, os advogados têm se encontrado cada vez menos nos fóruns, e a nossa sede também têm servido como esse ponto de encontro entre os profissionais”, conclui.

Ler matéria completa