Bauru e grande região

Bairros

Em Bauru, Exército vai ampliar atuação em 2020

Sob nova chefia, 6.ª Circunscrição de Serviço Militar passará a ser uma Base de Apoio Regional

por Ana Beatriz Garcia

05/01/2020 - 06h00

Malavolta Jr.

Tenente coronel Renato Pinto dos Santos comandará a unidade pelos próximos dois anos

Com quase 80 anos de atuação em Bauru, a 6.ª Circunscrição de Serviço Militar (CSM) passará por mudanças em 2020. Referência no Estado de São Paulo, a circunscrição que responde pela área de Bauru ao Rio Paraná, na divisa com o Mato Grosso do Sul, passará a ser uma Base de Apoio Regional.

A mudança formalizará algumas atividades que já são desenvolvidas na prática pela unidade. Haverá um local específico para cuidar do serviço militar – chamado Posto de Recrutamento e Mobilização (PRM) – e o restante do quartel atenderá os inativos e pensionistas, que são muitos em Bauru, de acordo com o coronel Marcelo Piaya de Camargo, que comandou a 6.ª CSM nos últimos dois anos e se despede da unidade.

“Essas transformações chegam, justamente, para aperfeiçoar o que já vem dando certo. Porque, na prática, a CSM cuidaria apenas do serviço militar, mas demos este passo além para formalizar o atendimento aos vinculados”, comenta.

AMPLIAÇÃO

Ele explica que serviços que desempenhavam como encargo, agora, sendo uma Base de Apoio, passarão a ser uma obrigação. “Acredito que, deixando de ter apenas uma atribuição, para ampliar, teremos condições de atender de forma melhor todo serviço militar, mobilização e produtos controlados dessa vasta área vinculada à 6.ª CSM”, avalia.

O coronel ainda salienta que Bauru é um lugar estratégico do Estado de São Paulo para receber tal ampliação. “Cooperamos com a 2.ª Região Militar, que está na Capital. Temos muitos ex-combatentes da Segunda Guerra Mundial que são vinculados à 6ª Circunscrição de Serviço Militar de Bauru”, afirma.

NOVO COMANDO

Sob nova chefia – passada em solenidade na última terça-feira (17) –, a unidade do Exército dará continuidade a esses trabalhos até que haja a alteração e oficialização do posto de serviço. “Pretendo dar prosseguimento ao processo de transição iniciado pelo coronel Piaya, buscando o aperfeiçoamento. O entendimento é que buscamos melhorar o atendimento ao público interno e externo. E, claro, as coisas positivas das experiências em outras unidades do Exército, buscaremos implantar, visando o aperfeiçoamento”, afirma o tenente coronel Renato Pinto dos Santos, que chega da Praia Grande para comandar a unidade.

Cumprindo o protocolo de passagem de chefia de dois em dois anos, coronel Piaya, agora, deixa Bauru e vai para Brasília. “Acho que esses dois anos foram muito positivos. Eu e minha família ficaremos com saudades daqui, fizemos muitos amigos. É uma cidade espetacular, cheia de oportunidades”, finaliza.

Ler matéria completa