Bauru e grande região

Cultura

Dupla projeta imagens artísticas em prédios e fatura prêmio na Alemanha

Da tela para os prédios

por Aline Mendes

24/07/2015 - 07h00

Divulgação
Foto de construção alemã real (esta primeira logo acima) e, nas simulações da sequência, duas das imagens que serão projetadas no mesmo prédio durante o festival em agosto: cor e criatividade 
Henry Sowinski
Luz e Salmen receberam prêmio na Alemanha e conheceram pessoalmente prédio onde irão projetar

Da mistura entre arte, tecnologia digital, vídeo, luz e som nasceu o grupo Vjzaria, que por meio da técnica de videomapping projeta imagens em prédios. Formado em 2006 por Vinicius Luz e Edgar Salmen, que se conheceram na Unesp de Bauru, o grupo já esteve em mais de 15 países com seus projetos artísticos e, recentemente, foi um dos vencedores do Festival Genius Loci Weimar, na Alemanha.

Nesta competição audiovisual, a organização disponibiliza três prédios históricos da cidade de Weimar, a 20km de Berlin. Os inscritos – este ano mais de 100, de 40 países – produziram um vídeo de 30 segundos para um dos prédios. E, de acordo com o júri de especialistas e o voto popular pela internet, o trabalho de Edgar e Vinicius foi o melhor para a edificação escolhida pela dupla.

“Sem contar o prêmio em dinheiro (de 15 mil euros), para nós é uma nova vitrine e um reconhecimento do nosso trabalho. O nome do nosso grupo acaba disseminado internacionalmente, já que é um dos festivais mais renomados do mundo e procurado por todos os envolvidos no videomapping”, comemora Edgar, que é bauruense e trabalha com projetos audiovisuais e como o VJ Edmosh em Dubai, nos Emirados Árabes.

Agora, ele e o sócio Vinicius, que é de São Paulo e também mora em Dubai, estão produzindo o vídeo final que será projetado para valer no prédio alemão entre 7 e 9 de agosto durante o festival.

Nas ruas

Os projetos artísticos de videomapping de Edgar e Vinicius vão da visita ao espaço urbano à projeção das imagens no prédio, incluindo a produção do vídeo, da iluminação e da trilha sonora, toda autoral.

“É a intervenção das imagens, que saem das telas e vão para um local em três dimensões, no caso o prédio, criando a ilusão de outra realidade”, explica Edgar, que com a Vjzaria já projetou em diversos pontos de Bauru, inclusive no Parque Vitória Régia.

A dupla recria a arquitetura do ambiente a ser projetado com videografismo que, aliado às técnicas de VJ, interagem perfeitamente com cada detalhe da superfície.

Ponto histórico

A construção alemã escolhida pelo grupo para se inscrever no festival está ocupada há 25 anos por moradores punks. “Abordaremos outras partes da história desse prédio, que também já foi armazém de grãos e uma fundição de ferro. O tema punk estará presente no vídeo, já que a filosofia punk é aplicada para o bem do convívio entre as pessoas que lá vivem”, antecipa Edgar sobre o vídeo que será projetado durante o festival na Alemanha.

A dupla tem participado de eventos em diversos países e pretende continuar investindo no videomapping. “Queremos estudar, frequentar festivais de vídeo e sempre aprimorar nossa técnica e conhecimento na criação audiovisual”.

Para saber mais acesse https://www.vjzaria.com e os canais do Vjzaria no YouTube e Vimeo.