Bauru e grande região

Cultura

Justiça autoriza prefeitura a recolher livros

por FolhaPress

08/09/2019 - 06h00

Rio - A decisão do Tribunal de Justiça do Rio que impedia a prefeitura carioca de apreender livros na Bienal foi suspensa na tarde deste sábado (7).

Segundo a decisão do desembargador Claudio de Mello Tavares, presidente do Tribunal de Justiça, obras que ilustram o tema da homossexualidade comercializadas atentam contra o Estatuto da Criança e do Adolescente, o ECA, e, portanto, devem ser comercializadas em embalagens lacradas. Os títulos que não se encontrarem nos conformes deverão ser recolhidos por fiscais da prefeitura. O caso acontece depois de o prefeito Marcelo Crivella, anunciar que censuraria a HQ "Vingadores - A Cruzada das Crianças", em seu Twitter na noite de quinta (5).

Ler matéria completa