Bauru e grande região

Cultura

Homenagem a uma orquestra vencedora

Ex-integrantes da Leopoldo e sua Orquestra fazem encontro inédito em Bauru no sábado

por João Pedro Feza

06/11/2019 - 06h00

Reprodução

À frente, Leopoldo (1934-2012); ao fundo, cantora Gabriela e cantor Johnny Jr.

Ex-músicos da Leopoldo e sua Orquestra farão encontro inédito em Bauru no sábado: será às 21h30, no Greb, em tom de homenagem e confraternização.     

O público saudoso - e aquele que apenas já ouviu falar - poderá conferir, ao vivo, um pouco do que foi o grupo de Tupã que, durante 49 anos, tornou-se conhecido em bailes no Brasil e do exterior, como Argentina e Uruguai.

Oficialmente, as atividades da banda/orquestra foram encerradas em 2017, cinco anos após a morte do fundador, Leopoldo de Arruda Castro, aos 78. Maestro Leopoldo saiu de cena com a alegria de ter sido protagonista dos palcos por 55 anos - desde que atuava como trompetista em duas orquestras anteriores à sua, criada em 1968.

"Vamos tocar especialmente em homenagem a ele, à dona Carmem, esposa, e toda a família Castro a partir de uma ideia de encontro que partiu do trombonista Davi Oliveira, do cantor Johnny Jr. e de mim", conta o baterista José Maria Abreu, o Abreuzinho. A organização é dele e do Greb.

Entre os ex-integrantes que estarão presentes também há destaque para João Pedro - crooner de Tupã que soltava a voz nos shows desde os primórdios do conjunto. Outro nome de referência que virá é o maestro Helvio Zoratto (da primeira geração da consagrada orquestra).

PALCOS E PISTAS

A escolha de Bauru para o evento cumpre função estratégica: a cidade é geograficamente atrativa para músicos que virão de outras regiões e, além disso, Abreuzinho já é bem conhecido no próprio Greb com sua banda Free Line, de Piratininga, atração frequente no local.  

"Somos operários da noite", resume o baterista. "E nossa satisfação sempre é a de ver a pista cheia. Para isso, no sábado, queremos presentear o público com um baile nos moldes daquela época de ouro das orquestras".

Cerca de 18 músicos estarão a postos para revisitar arranjos originais de sucessos como "New York New York" e "My Way" (consagradas na voz de Frank Sinatra) e "La Barca" (hit gravado por Los Panchos, Luis Miguel e Altemar Dutra, entre tantos outros).

Boleros como "La Barca", aliás, são um ponto forte do show, assim como sambas. "Será apresentação semi-acústica e bem dançante", finaliza Abreuzinho.

SERVIÇO

Encontro especial com ex-músicos da Leopoldo e sua Orquestra (de Tupã): 9/11, sábado, às 21h30, em única apresentação no Grêmio Recreativo dos Energéticos de Bauru (Greb). Convites limitados à venda na secretaria do clube. Mesas: R$ 220 (sócios) e R$ 280 (não-sócios). Rua Benedito Eleutério, 2-08, Vila Pacífico. Mais informações: (14) 3238-3031.

Você sabia?

Leopoldo e sua Orquestra foi campeã, por três vezes, do concurso nacional de grupos do gênero do Clube Piratininga de São Paulo. Ganhou, ainda, o prêmio Índio de Ouro, na extinta TV Tupi, outorgado pelo programa "Clube dos Artistas", apresentado com grande sucesso pelo casal Aírton e Lolita Rodrigues nos anos 70.

Ler matéria completa