Bauru e grande região

Cultura

Contadores de histórias 'caem na rede'

Eles, que são voluntários da Associação Viva e Deixe Viver, estão disponíveis às quintas e terças pela internet

16/04/2020 - 05h17

Reprodução

Contadores de histórias estão na ativa via YouTube

Contadores de histórias da Associação Viva e Deixe Viver (Viva) estão fazendo seu trabalho legal em ambiente digital. Assim, conseguem se manter próximos do público infantojuvenil, driblando as dificuldades impostas pelo isolamento causado pela Covid-19.

Anote aí: a instituição promove, todas as terças e quintas-feiras, uma série de contação de histórias com seus voluntários por meio de seus canais próprios no Instagram(@vivavdv) e YouTube (associacaoviva).

Nesses dias, durante manhãs, às 10h30, eles contam #históriasdebomdia. No final da tarde, às 18h30, é a vez das #históriasdeboanoite. 

De forma lúdica, voluntários da "Viva" estão contando histórias e dando dicas de prevenção do coronavírus sem assustar os pequenos.

FUNDADOR ORIENTA

"Como a doença se transformou em um dos principais personagens nos noticiários, as crianças estão tensas com a situação, assim como os adultos", destaca Valdir Cimino, fundador da Viva.

"Por isso, entre uma história e outra, os voluntários falam, por exemplo, sobre a importância da higienização correta das mãos. Esse hábito, às vezes, é deixado de lado e previne não só o contágio pelo Covid-19, mas também outras viroses", destaca Valdir Cimino, fundador da Viva. 

SERVIÇO

"Quarentena com a Viva - Contações de Histórias Online": terças e quintas-feiras, 10h30 #históriasdebomdia e às 18h30 #históriasdeboanoite.

Local: pelo Instagram (@vivavdv) e no YouTube (associacaoviva)

E tem muito mais

Reprodução

Obra, de Dulce Rangel, tem ilustrações de Paulo Zilberman

Além disso, a Viva está disponibilizando a versão digital do livro "Viva Futebol Clube - O Time das Mãos Limpas".

A obra, lançada pela Viva no fim de 2019, de autoria de Dulce Rangel, explora um tema popular como o futebol para mobilizar crianças e adolescentes, bem como seus familiares e a sociedade, em torno da importância da higienização e da lavagem das mãos na prevenção de doenças. As ilustrações são do renomado artista Paulo Zilberman.

 Aliás, no mesmo endereço abaixo, tem muitos outros livros liberados com histórias.

Acesse agora mesmo...

Website: www.bisbilhotecaviva.org.br.

Link direto: https://www.yumpu.com/pt/embed/view/g43mlMBGuJNOhX1U

Sobre a entidade

A Associação Viva e Deixe Viver foi fundada em 1997 pelo paulistano Valdir Cimino e conta com o apoio de voluntários que se dedicam a contar histórias.

Ler matéria completa