Bauru e grande região

 
Cultura

Literatura nas xícaras de café

'Rotinomancia', quinto livro do fotógrafo e jornalista João Correia Filho, propõe reflexões sobre o cotidiano e o futuro

23/05/2020 - 06h00

Divulgação

Trechos de obras literárias dialogam com as imagens

O fotógrafo e jornalista João Correia Filho está lançando "Rotinomancia". Seu mais novo livro propõe reflexões sobre o cotidiano e o futuro a partir da literatura e da leitura do fundo de xícaras de café.

Afinal, o que mais pode haver no fundo de uma xícara de café esvaziada e esquecida em algum canto da mesa num momento qualquer de um dia de trabalho?

Para João Correia Filho, além de um retrato da vida cotidiana, uma maneira de resgatar a poesia do presente, muitas vezes soterrada pela implacável rotina.

A obra apropria-se do universo das adivinhações a partir de imagens relacionadas à tradicionalíssima bebida. Numa livre associação, "Rotinomancia" remete ao simbolismo das leituras de borra de café da tradição árabe.

Não à toa, o título nasce da união da palavra rotina e do sufixo grego mancia (adivinhação), que dá origem a palavras como quiromancia, (leitura das linhas das mãos), piromancia (leitura do fogo) e necromancia (consulta aos mortos).

'ALGO ALÉM'

"Percebi que, destacadas de seu contexto original, aquelas imagens do fundo das xícaras de café permitiam muitas leituras e poderiam tangenciar questões da metafísica, do inconsciente coletivo e do sagrado. Ao olhar para elas, automaticamente buscava sentido, procurava ver algo além", explica João - que é nascido em Leme e mora em Bauru. 

À medida que fotografava os fundos das xícaras, dia após dia, João percorria de forma "quase que intuitiva" sua memória lítero-afetiva em busca de trechos de obras literárias que dialogassem com as imagens.

O resultado foi uma seleção que inclui Fernando Pessoa, Inês Pedrosa, Haruki Murakami, Lima Barreto, Virginia Woolf, Gabriel García Márquez, João Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Paulo Leminski e outros tantos escritores.

"A ideia é que esses fragmentos abram não só uma janela de interpretação das imagens do ensaio fotográfico, mas façam um contraponto entre nosso passado, nosso presente, e o futuro. Que formem um mosaico de pistas de leitura de mundo, de como a literatura ensina a ver, de como a fotografia ensina a ler".

SOMATÓRIA

"Rotinomancia" é o quinto livro de João Correia Filho, autor dos guias literários "Lisboa em Pessoa" (2011), Prêmio Jabuti em 2012, "À Luz de Paris" (2012), "São Paulo, Literalmente" (2015) e "Buenos Aires, Livro Aberto" (2019). Com projeto gráfico de Alexandre Pottes Macedo, é também o quarto livro lançado pela Editora Mireveja.

SERVIÇO

Livro "Rotinomancia" (João Correia Filho): lançamento. 72 páginas. R$ 35,00. À venda pelo site da editora. www.editoramireveja.com

Conjunto vira obra

Divulgação

30 imagens e 30 textos que correspondem ao período de um mês

Inicialmente, as imagens e os fragmentos literários foram publicados diariamente, como postagens no Instagram e no site da editora, entre 1º e 30 de abril de 2020 - justamente o período em que havia sido instaurada a quarentena por causa da pandemia da Covid-19.

O conjunto, agora transformado em livro, reúne 30 imagens e 30 textos que correspondem ao período de um mês, sugerindo uma espécie de calendário poético e oráculo visual em tempos de rotinas alteradas pelo isolamento social e pela perda das referências do dia a dia.

Assim, esta bebida extremamente atrelada aos hábitos cotidianos e aos encontros - o café - ganha novos olhares. O desejo do autor de Rotinomancia é contribuir com um espectro de possibilidades de interpretação de sinais que apontem caminhos para o que está por vir.

Ler matéria completa