Bauru e grande região

 
Cultura

Signo Solar 'entra no jogo' autoral

Novo projeto musical bauruense, que teve início no começo deste ano, conta com influências de clássicos do rock

por Samantha Ciuffa

18/11/2020 - 05h00

Cristiane Payão

Signo Solar: Marcelo da Silva (guitarra), Eduardo Misson (vocal), Matheus Vasques (bateria) e Alessandro Sá (baixo)

Experiência e grande bagagem musical foram fatores primordiais para que o vocalista Eduardo Misson, em parceria com o guitarrista Marcelo da Silva, criasse o projeto Signo Solar, nova banda bauruense influenciada pelos maiores clássicos do rock. O projeto teve início no começo do ano, foi interrompido pela pandemia, mas continua na ativa, tendo um álbum inteiro gravado e com previsão de lançamento para janeiro de 2021.

Apesar de várias bandas já terem passado por suas vidas, foi só agora que Misson e Silva conseguiram tirar do papel o projeto autoral. "Sempre quis tocar minhas próprias composições e, agora com a Signo Solar, consegui realizar esse sonho. Nunca me senti tão realizado musicalmente", declara Marcelo Misson.

Acompanhados de Alessandro Sá e Matheus Vasques, no baixo e na bateria, os músicos gravaram dez músicas no estúdio G3, em Bauru, que, reunidas, formam o primeiro álbum do grupo, Essência. Todas as composições são de Misson e os arranjos de Silva. A produção ficou por conta de Alessandro e a mixagem e masterização de áudio é de Alex Angeloni. Já estão disponíveis quatro clipes no Youtube da banda, mas o álbum completo só será lançado em todas as plataformas digitais no ano que vem.

Para conferir os primeiros clipes da Signo Solar, dirigido por Vitor Ac, da Underdog Films, basta acessar o link https://bit.ly/2IMYPUy.

 

Clássicos do rock'n'roll

Para o primeiro trabalho da banda, o público pode esperar um som robusto, com guitarras, solos, violões, bateria, baixo e até um teclado em uma das participações do álbum. A influência dos grandes clássicos do rock são notórias logo nos primeiros acordes e as letras trazem temas como a brevidade e os altos e baixos da vida. Bandas como Led Zeppelin, Rolling Stones, AC/DC e Barão Vermelho formam a base sonora dos músicos.

Parceria de longa data

Idealizadores do projeto, Eduardo Misson e Marcelo da Silva são companheiros de música desde os 12 anos de idade. "Nós sempre tocávamos covers de Guns N' Roses e Led Zeppelin, só que, enquanto eu estava aprendendo os acordes de Stairway to Heaven, o Marcelo já estava no solo! Sempre foi muito virtuoso e é praticamente um irmão pra mim", afirma Misson. Juntos, já participaram de bandas de Bauru como Módulo Turbo, Mommy Let's e Além das Palavras. 

Ler matéria completa