Bauru e grande região

Cultura

Um bauruense com 2,5 milhões de seguidores no Instagram

Ator e ex-pastor é destaque entre famosos nas redes sociais; inspiração abre caminhos para outros influencers da cidade

por Ana Beatriz Garcia

09/01/2021 - 05h00

Reprodução/Instagram

Personagem Karen Kadarsha, criada por ator bauruense Renato Shippe, já conta com 2,5 milhões de seguidores nas redes sociais

Se rodando pelas redes sociais você já encontrou uma personagem de voz grave, cabelos escuros, lábios carnudos e esbanjando luxo e riqueza enquanto distribui conselhos para o público, pode ser que você já conheça a Karen Kadarsha. A personagem, criada pelo ator, modelo e ex-pastor bauruense Renato Ferreira da Silva - mais conhecido como Renato Shippee -, de 32 anos, conquistou, em apenas dois meses, a marca de 2,5 milhões de seguidores no Instagram e 10,4 milhões curtidas no TikTok.

Tatá Weneck, Anitta, Grazi Massafera, Rafa Kalimann e Hugo Gloss são alguns dos nomes que integram os milhares de seguidores arrebanhados pelo bauruense. Ele criou um filtro específico da personagem, de 25 anos, que entretém o público respondendo perguntas, dando conselhos de forma irônica, debochada e ostentando a vida luxuosa que tem em Hollywood, em Los Angeles, nos EUA, onde o ator mora há quatro anos.

Mas nem sempre a vida foi glamorosa. Nascido em Bauru em uma família humilde, Renato foi criado pela mãe junto de quatro irmãos. "Morei até os 25 anos em Bauru, em muitos bairros. Minha mãe era sozinha cuidando de todos os filhos e sempre estava se mudando para garantir um aluguel mais barato. Lembro bem de morar na Vila Cardia, no Bela Vista e na Cruzeiro do Sul", conta o ator e modelo.

Também na cidade, durante seis anos, Renato atuou com pastor em uma igreja evangélica, além de se formar em Pedagogia, pela Unesp de Bauru, quando também trabalhou na área. Em 2016, ele passou a morar em Hollywood, para trabalhar como ator, modelo e cantor registrado no Screen Actors Guild (SAG).

PERSONAGEM

Com a pandemia nos EUA, Renato viu as produções serem drasticamente reduzidas e o tempo de sobra deu vida à Karen. "A história que construí é de uma mulher que veio para os EUA e se casou por interesse, com um homem muito rico, realizando seus sonhos. Agora, ela dá conselhos, de forma irônica e debochada", descreve. "Conforme foram chegando as perguntas das pessoas, eu fui criando a personalidade dela."

Embora os conselhos de Karen Kardasha sejam de "uma mulher que se casou por interesse", Renato destaca que sua fala nada tem a ver com a dependência da mulher ao homem por dinheiro. "Ela inicia nisso e parte para outras questões sobre independência feminina, como não aceitar abuso, relacionamento tóxico e agressões", afirma, já que seu público é formado 90% por mulheres; 80% delas com idade entre 18 e 35 anos. "Essa faixa etária é incomum, já que crianças e adolescentes movimentam mais as redes. Gosto disso", salienta.

O NOME

Karen Kardasha foi batizada a partir de duas referências. A primeira é uma sátira em relação às 'Karens' dos EUA. "São essas mulheres, predominantemente brancas, que se acham superiores, ricas, que praticam discriminação racial, de gênero, de todas as formas". Já o Kardasha, como podemos supor, é uma homenagem às Kardashian, família de socialites, influenciadoras digitais e empresárias dos EUA. Para saber mais sobre a personagem do bauruense, acesse: https://www.instagram.com/karenkardasha/

'Quero que o Brasil conheça meu trabalho e a cidade de onde saí', diz influencer

Reprodução/Instagram

Luccas Vuitton em um dia de limpeza em suas redes sociais

Há quem chame atenção pelo glamour e quem se destaque, justamente, por ser "gente como a gente". Caso do bauruense Lucas Dias Vasques, 23 anos, que dá vida ao personagem Luccas Vuitton nas redes sociais. Inspirado por muitos influenciadores - inclusive, Karen Kadarsha, o morador do Conjunto Habitacional José Guilherme conquistou 13,1 mil seguidores divertindo a audiência com os "perrengues" do seu dia a dia como "'infruêncer' de baixa renda".

Tudo começou quando, em novembro de 2019, o rapaz que vendia comidas congeladas e trabalhava como atendente de telemarketing, em Bauru, mudou-se para São Paulo para tentar novos projetos. Lá, começou a cozinhar para empresa de um ex-BBB, Rafael Licks, da edição 15 e, com isso, aproximou-se de diversas personalidades do meio artístico. "Estive com Kéfera, Lexa, Cleo Pires. Mas, com a pandemia, tive que voltar para casa. Nisso, já estava com mais de 10 mil seguidores por conta do meu conteúdo."

Mesclando humor, comentários, esquetes e até mesmo informações sobre outros criadores de conteúdo da cidade, Lucas destaca que seu maior objetivo é "enaltecer o que é daqui" e ajudar outros influencers a se destacarem também. "Quero que o Brasil conheça o meu trabalho e a cidade de onde saí. Meu sonho, ainda, é ter renda exclusiva como influencer, o que já começou a acontecer", finaliza.

Para saber mais sobre o personagem Luccas Vuitton acesse: https://www.instagram.com/luccasvuitton/

Ler matéria completa