Bauru e grande região

Cultura

Domingo tem live em homenagem aos 39 anos sem Elis Regina

Na semana do aniversário de morte desta grande voz, a cantora Denise Amaral e o maestro Paulo Maia fazem tributo

por Ana Beatriz Garcia

23/01/2021 - 04h49

Reprodução/Internet

A brilhante Elis Regina morreu aos 36 anos em 19 de janeiro de 1982

"Águas de Março", "Romaria", "Casa no campo", "Como nossos pais"... Esses e tantos outros clássicos da MPB eternizados na importante e marcante voz de Elis Regina invadem a manhã do domingo (24), em mais uma live preparada pela cantora Denise Amaral e o maestro Paulo Maia.

No último dia 19 de janeiro, completou-se 39 anos da morte de Elis, que nos deixou ainda jovem, aos 36 anos. Por conta da data, a homenagem reunirá repertório especial da cantora a partir das 11h. "Decidimos fazer essa homenagem à 'Pimentinha', à nossa eterna Elis Regina que teve uma vida curta, infelizmente, mas que a gente não esquece. Ela é cantada em todos os lugares e nós resolvemos homenageá-la, com muito respeito. Sempre tenho muito zelo pelo repertório dela, que conta com grandes compositores", afirma Denise Amaral.

A intérprete ainda salienta o quanto aprende a cada vez que ouve e canta Elis. "Ela era perfeita e é uma aula ouvir, cantar e tocar Elis. É muito difícil interpretá-la, mas a gente tenta e não deixa morrer as canções, não deixa de mostra-la às novas gerações", completa.

39 ANOS SEM ELIS

A 'Pimentinha' era danada. Tão danada que virou 'Pimentinha', apelido conferido pelo poetinha, Vinicius de Moraes. Há 39 anos, essa cantora marcante que fez de sua garganta o útero da MPB para dar luz aos maiores sucessos da música nacional partiu "num rabo de foguete", deixando órfãs Marias e Clarices no solo do Brasil. De lá pra cá, como bêbados e equilibristas, os fãs tentam se manter firmes sem sucumbir à saudade e dar continuidade ao trabalho que foi interrompido tão precocemente.

SERVIÇO

Para conferir a live "39 anos sem Elis" de Denise Amaral e o maestro Paulo Maia basta acessar o facebook da cantora pelo: https://www.facebook.com/denise.amaral.3914 a partir das 11h.

Ler matéria completa