Bauru

Cultura

A culpa é do mapa astral de Mari Ragoh

Novo single da cantora bauruense já está disponível em todas as plataformas digitais

por Laylla Paes

14/09/2021 - 04h58

Leonardo Formagin

Mari Ragoh fala sobre mudanças e sentimentos em "Mapa Astral"

Jornalista, repórter, apresentadora, escritora, cantora e compositora. Essa é Mariana Meira, também conhecida como Mari Ragoh, nascida e criada na cidade de Bauru, que aos 30 anos deu início a sua carreira solo no mundo musical. Seu segundo single, "Mapa Astral", foi lançado na última sexta-feira (10) e tem conquistado muitos elogios dos fãs e pessoas que acompanham seu trabalho.

Ao longo dos anos, a cantora já passou por diversas bandas, inclusive de rock, onde performava covers de Led Zeppelin e Janis Joplin. Entretanto, seus dois singles autorais possuem uma pegada mais lenta, variando entre o MPB e o Pop, bem diferente do que a artista costumava trabalhar.

Ela conta que começou a compor sua canção de estreia após o início da pandemia, morando em Jundiaí, quando sua antiga banda parou os ensaios e ela sentiu a necessidade de expressar seus sentimentos de alguma forma.

"A pandemia mexeu com muita gente, né? E eu, por ser uma pessoa muito intensa e ter uma personalidade forte, preciso achar formas de liberar o que estou sentindo. Então, nem pensei e grudei em um amigo que é produtor musical na cidade de Jundiaí", conta.

Ao lado de Gabriel Perri, Mariana deu início ao seu projeto autoral, compondo e trabalhando no processo artístico até a liberação de sua primeira canção, em janeiro deste ano, intitulada "Olhos de Céu". O single também ganhou um videoclipe pensado e gravado pela própria artista com seu celular, contando com o auxílio de Murilo Alves na edição.

Agora, para seu novo lançamento, a artista conta que tirou inspiração das mudanças que estava enfrentando na vida, mudando de emprego e de cidade, quando começou a atuar como repórter e apresentadora na TV Câmara Campinas, cidade onde reside atualmente. "Eu não sei sentir pouco e isso as vezes é difícil de pilotar, parece que a gente não cabe na gente mesmo. E quando escrevi Mapa Astral, eu passei a rir um pouco dessa minha intensidade, porque é como se eu tivesse dizendo para as pessoas: 'gente, não repara a bagunça aqui dentro do meu coração. É culpa do meu mapa astral!'", brinca.

O single, que já está disponível em todas as plataformas digitais de streaming, possui um ritmo contagiante e uma letra que muita gente irá se identificar. Para composição, Mariana contou com ajuda da amiga e poeta Thais Gattás, que assina uma estrofe da canção. A música também conta com a participação de Paulo Colombera na bateria e Gustavo Perri nos demais instrumentos.

PERSONALIDADE

Mariana morou na cidade sem limites até seus 19 anos, quando mudou-se para cursar a faculdade de Jornalismo na capital de São Paulo. Mas a conexão da artista com a música começou muito antes. Desde bem cedo, participava das bandas de escola e de garagem, onde podia expressar toda sua personalidade e poder vocal.

Apesar de trabalhar atualmente em frente às câmeras, a artista conta que sempre foi uma pessoa tímida e que sequer pensava em produzir um single. "Eu era muito tímida e tinha pavor de palco. Mas eu insistia e pensava: 'vamos lá, um dia eu consigo'. Nunca imaginei que fosse ter um trabalho autoral", desabafa.

"Desde muito criança eu sabia que gostava de cantar, mas não sabia o que significava aquilo. Ficava esperando a hora de alguém ligar um liquidificador para cantar. Morria de vergonha que alguém soubesse. Não sabia nomear o que era aquilo e levei 30 anos para descobrir".

PROJETOS

A cantora já possui mais um single em produção e promete lançá-lo até o início do ano que vem, dando continuidade a sua carreira solo. "Está sendo um desafio. [...] Pretendo lançar até o começo do ano que vem e, quando a pandemia passar, quero começar a me apresentar e mostrar o trabalho no orgânico, não só nas plataformas digitais", conta.

SERVIÇO

"Mapa Astral" está disponível no Spotify pelo link: https://open.spotify.com/track/0XJkQHC4W6bPLeaQKqxMJn?si=pGjdjP4xSFaw73XlHVMQyQ&utm_source=copy-link&dl_branch=1&nd=1/.

Já o videoclipe de "Olhos de Céu" está disponível no endereço: https://www.youtube.com/watch?app=desktop&v=y0EgKilIgdk/.

Mariana Meira ou Mari Ragoh?

Superando a timidez, a cantora lançou seu primeiro single em 2021 sob o nome de Mari Ragoh. Ela explica que criou esta "identidade" para separar sua carreira jornalística da musical, atuando durante horário comercial como Mariana Meira e, nas horas vagas, com seu nome artístico.

Ler matéria completa

×