Bauru

Cultura

Comidas de Orixás: a gastronomia por trás da religião

Luiz Fernando ensina, pelo Instagram, diversas receitas e curiosidades sobre os pratos típicos da Umbanda

por Laylla Paes

24/11/2021 - 05h00

Arquivo Pessoal

Luiz Fernando dedica-se ao preparo de pratos para comunhão com os Orixás

Gastronomia, história e religião. É isto que Luiz Fernando de Lima Ribeiro oferece aos seus seguidores no Instagram, pelo @na_umbanda_tem_dende. Formado em Direito, o umbandista une seu conhecimento histórico sobre liberdade religiosa a sua paixão pela cozinha, oferecendo para o público um passeio saboroso pelas raízes do Brasil.

De família católica, Luiz conta que descobriu-se umbandista aos 12 anos de idade. Na mesma época, já se aventurava na cozinha ao lado da mãe e da irmã. "Aos 12 anos, tive este meu primeiro contato com a Umbanda e com as comidas de terreiro, além de toda esta vivência e sociabilização que é feita através da comida. Acabou que eu me encantei e, desde então, comecei a viver e pesquisar sobre o assunto", conta.

O umbandista explica que a comida para os Orixás tem o objetivo de conectar a terra com o céu. Nesta conexão, a comida traz a energia do Orixá para o corpo da pessoa, dando a ela a força e movimento para a vida. "No momento em que está se comendo, dentro do sagrado, são quebradas todas as barreiras e todo mundo torna-se igual. Isto não acontece só no aspecto religioso. É algo que acontece até nas confraternizações de fim de ano, por exemplo. A comida quebra barreiras e gera união", explica.

RECEITAS E VÍDEOS

Nos últimos meses, Luiz vem dedicando-se a ensinar as receitas de comidas para Orixás por meio de vídeos no Instagram. Além de mostrar o passo a passo dos pratos, o cozinheiro também fala sobre a história e religiosidade envolvida nas preparações, desde a escolha dos ingredientes, oferecendo um conteúdo diverso e completo para o público.

"Eu estudei sobre comensalidade, qual foi o impacto dessas receitas na culinária brasileira, onde elas surgiram, porque, em que momento elas saíram dos terreiros de candomblé da Bahia e se espalharam pelo Brasil, chegando na mão de grandes chefes, e muito mais. São mais de 10 anos de pesquisa e, agora, decidi colocar meu conhecimento no ar pelo Instagram", diz.

SERVIÇO

Para conferir as receitas ensinadas por Luiz Fernando, basta acessar o perfil no Instagram, @na_umbanda_tem_dende.

Ler matéria completa

×