Bauru

Cultura

Mostra Internacional de Cinema Virtual

Programação pela plataforma #CulturaEmCasa conta com 45 filmes de 25 países que serão exibidos de 1º a 31 de dezembro

30/11/2021 - 05h00

Divulgação

Cena de filme 'Eu estava em casa', que integra a mostra

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa e a Secretaria de Relações Internacionais do Governo do Estado de São Paulo lançam amanhã (1/12) a Segunda Mostra Internacional de Cinema Virtual. Com curadoria de 25 consulados estabelecidos em São Paulo, o festival será exibido com exclusividade pela plataforma de streaming e vídeo por demanda #CulturaEmCasa, gerida pela Organização Social Amigos da Arte. O filme 'Alfie, o pequeno teimoso', produção dos Países Baixos, abre o evento, que conta com 45 títulos entre longas e curtas-metragens, documentários e uma animação.

"Será uma oportunidade fantástica para termos acesso a uma produção cinematográfica de altíssima qualidade. O melhor do cinema internacional sem precisar sair de casa, via #CulturaEmCasa", afirma o secretário de Cultura e Economia Criativa Sérgio Sá Leitão. O secretário de Relações Internacionais Julio Serson ressalta a importância da parceria com o corpo diplomático. "Vamos poder oferecer à população produções audiovisuais de diversas partes do mundo e isso só é possível devido ao apoio dos Consulados e Embaixadas, reafirmando o quão importante é a cooperação internacional no campo da cultura", diz Serson.

Das produções que integram o evento, a Rússia abocanha a maior parte, com 5 obras. Em seguida, vem a República Tcheca, com 4 filmes. A África do Sul, Canadá, Índia, Países Baixos e Portugal indicaram três filmes cada. A Mostra Internacional contará, ainda, com duas produções da Alemanha, Dinamarca e Itália e com uma da Bélgica, Bolívia, Chile, Coréia, Cuba, Estados Unidos, Finlândia, França, Hungria, Japão, Moldávia, Paraguai, Peru e Suíça.

As estreias ocorrem até 21 de dezembro, mas a transmissão dos filmes segue até 31 de dezembro. Algumas produções têm exibição únicas, outras ficam disponíveis por vários dias (leia programação abaixo).

Esta é a segunda vez que as secretarias se unem para realizar a mostra, que estreou em setembro do ano passado. Na primeira edição, foram exibidos 33 filmes de 21 países, que contaram com 33 mil acessos e 13 mil usuários únicos.

"Tivemos uma experiência muito gratificante com a exibição dos filmes no ano passado e promover a mostra via plataforma #CulturaEmCasa é uma conquista que queremos solidificar e manter por muito tempo", afirma Danielle Nigromonte, diretora-geral da Amigos da Arte.

Ler matéria completa

×