Bauru

Cultura

Espetáculo 'A vendedora de fósforos' traz reflexão por meio de coreografias

Evento promovido pela escola de dança Studio Bella Vista será neste domingo; público pode colaborar com doação de brinquedos

01/12/2021 - 05h00

Laudo Leal

Alunos do Studio Bella Vista serão os responsáveis pela primeira parte do espetáculo

Dança, reflexão e ações beneficentes serão os guias do espetáculo do próximo domingo (5), promovido pela escola de dança Studio Bella Vista. A apresentação "A vendedora de fósforos" será realizada no auditório da OAB Bauru, às 16h, e trará uma releitura do clássico de Hans Christian Andersen, "A pequena vendedora de fósforos", de 1848. No local, também serão arrecadados brinquedos para alegrar as festas de fim de ano de crianças carentes.

A ideia da criação do espetáculo veio de Rachel Assis Pinke, proprietária do Studio Bella Vista. "Eu já tinha vontade de fazer o espetáculo de 'A Pequena vendedora de fósforos' porque trata de uma realidade social que atinge várias crianças do Brasil e do mundo até hoje. Com o passar da pandemia, eu achei pertinente montar esta história com danças para criticar o que o poder público está fazendo em relação a isso e a falta de acolhimento para as famílias carentes", explica a professora.

Ela ressalta a piora da situação econômica ao longo do último ano, onde muitas famílias perderam seus empregos e fontes de renda dada a crise causada pela pandemia de Covid-19 . "Eu ando pelas ruas de Bauru hoje e vejo muitas crianças na rua vendendo balinhas para ajudar na renda da família. Então, achei interessante trazer esta questão através de uma história infantil, mostrando esta realidade forte", conta.

O ESPETÁCULO

Dividido em duas partes, o espetáculo "A vendedora de fósforos" contará com a participação de 30 bailarinos da escola de dança Studio Bella Vista, com idades entre 3 e 50 anos, que contarão a história principal. Para completar a tarde de apresentações, no segundo momento, alguns bailarinos de outras escolas também participarão com coreografias diversas, como os da Companhia de Artes Fulvia Goulart, Espaço Jade Suhaila, Casa do Forró (Leon) e Geisa Fernanda.

Com músicas clássicas, a apresentação seguirá o modelo de pantomima, contando a história exclusivamente através de movimentos corporais, teatrais e coreografias. "Fiz toda a parte de direção geral e artística. Também desenvolvi os figurinos e o cenário", conta Rachel. A professora de dança também contou com o apoio dos alunos da escola e de sua mãe, Cássia Pinke.

"Nós começamos a nos preparar em setembro, mesclando os ensaios do espetáculo com os ensaios para o Festival Competitivo de Marília, que ocorreu em outubro. Duas das coreografias que serão apresentadas no espetáculo foram premiadas neste festival", diz. As coreografias trarão ainda diferentes estilos de dança para apreciação do público. "A apresentação principal será feita pela turma avançada. Algumas apresentações também serão separadas por idade e por categoria de dança, cada um no seu segmento. Teremos danças urbanas, ballet clássico, jazz e dança do ventre, por exemplo", explica Rachel.

Ainda segundo a professora, por possuir classificação livre, o espetáculo terá um aspecto mais leve em relação ao destino da personagem principal que, na história original, termina com a morte da pequena menina em uma noite fria de Ano Novo. "Eu trouxe uma coisa mais lúdica por entender que temos crianças muito pequenas atuando dentro da história. Vamos apresentar a história de forma mais leve e mais teatral. Decidi trazer mais as sensações de uma criança e a visão delas", diz.

SERVIÇO

Os ingressos para o espetáculo "A vendedora de fósforos" podem ser adquiridos pelo valor de R$ 20,00 na escola de dança Studio Bella Vista, localizada na Rua Rubens Arruda, 2-37, Centro. Já o auditório da OAB, onde será realizado o evento, fica localizado na Avenida Nações Unidas, 30-30, Vila Nova Cidade Universitária. Mais informações pelo Whatsapp: (14) 99193-6036 ou (14 )99133-6363.

Arrecadação de brinquedos

Para transformar o Natal de crianças carentes na cidade de Bauru, Rachel Assis Pinke promoverá uma arrecadação de brinquedos durante a entrada do público no auditório. Os interessados poderão entregar aos colaboradores brinquedos novos ou usados em boas condições. Os objetos arrecadados serão destinados a escolas e instituições que prestam auxílio às famílias do município.

Ler matéria completa

×