Bauru

Cultura

Banda Midgard volta aos palcos hoje com gravação de videoclipe

Apresentação de heavy doom stoner metal será nesta sexta (13), a partir das 20h, no Jack Music Pub; entrada é gratuita

13/05/2022 - 05h00

Divulgação

Omar Rezende (guitarra/backing vocal), F.L.Y. (voz/baixo), Paula Jabur (backing vocal/teclado) e Júlio "Tio Chico" (bateria) formam a Midgard

Nesta sexta-feira (13), a tradicional banda bauruense de heavy doom stoner metal, Midgard, fará uma apresentação especial no Jack Music Pub, em um evento que também contará com a participação das bandas D.I.E., D.O.S. e Rock 13. A apresentação marca o retorno da Midgard aos palcos após um hiato de cerca de 14 anos e tem como objetivo a gravação do videoclipe da faixa "Crying At The Party" - carro-chefe do segundo álbum de estúdio do grupo, a ser lançado ainda neste ano.

A abertura da casa é às 20h e as bandas pedem para que o público chegue cedo, devido ao cronograma de gravação do videoclipe, que contará com diversas repetições entre os sets das bandas convidadas, com início previsto para 21h. A entrada é gratuita.

SOBRE A MIDGARD

Formada em 1999, a Midgard tinha como proposta inicial fazer um heavy/doom oitentista e, com esta mentalidade, iniciou seu trabalho com o lançamento de 3 demos - Midgard (K7 - 1999), Self Liberty (CD - 2000) e Lamúria (CD - 2001) - contabilizando um total de 5 faixas autorais. Na época, a banda contava com Kleber Perini, F.L.Y., Vinícius Perotto, Omar Rezende e Fábio Vargas.

Após diversos shows, a formação mudou quase que completamente - com exceção do baixista e fundador Kleber Perini. Em 2003, o novo grupo entrou em estúdio para gravar o debut álbum, "From Ashes...", pelo selo Force Majeure Records.

Apesar do álbum ter rendido à banda muitos shows, a distância entre os membros - que moravam em cidades diferentes - encerrou as atividades daquela formação.

Ao longo da década que se seguiu, algumas tentativas de retorno foram iniciadas entre membros das formações anteriores, mas nada de concreto foi obtido. Finalmente, em 2021, após 12 anos parada, a Midgard retomou atividades com o lançamento da regravação da faixa Midnight Rainbow e seu videoclipe, lançado na 14ª. edição do Roadie Crew Online Festival, em maio do mesmo ano.

Ali, deram-se início aos planos de gravação de um novo álbum. Porém, todo o processo foi adiado diante do falecimento do novo baterista do grupo, Marcos Gil, acometido por um agressivo câncer de garganta. A banda entrou em um período de luto, retomando atividades no final de 2021.

RETORNO

Desde então, Midgard encontra-se em estúdio gravando novas composições e com previsão de lançamento de seu novo álbum, "Verdugos", ainda em 2022. A formação atual conta com os membros originais F.L.Y. (voz/baixo) e Omar Rezende (guitarra), além do baterista Julio "Tio Chico" e Paula Jabur (backing vocal/teclados), que atua como produtora fonográfica da banda desde seu início.

Segundo Omar, um dos membros fundadores, "a banda está muito feliz em voltar a se apresentar após tanto tempo". Para o artista, poder compartilhar a sua criação com outras pessoas é algo de valor imenso.

"É como colher algo que foi cultivado no íntimo através de um bom tempo e oferecer essas experiências à apreciação alheia, externando-as a outras pessoas. A nossa parceria musical já é de muitos anos e procuramos fazer com muita paixão e verdade cada trecho. Esperamos que seja uma experiência especial para todos os presentes", diz.

Tio Chico, mais novo integrante da Midgard, está experienciando sua primeira banda autoral. "Estou curtindo muito, felizão. Quero muito ver a satisfação do público. Gravar música, vídeos, participar do processo criativo... É tudo novo para mim, apesar de tocar há anos. A Midgard é diferente de tudo que já fiz. Espero que as músicas transcendam as fronteiras de Bauru para o mundo e que os deuses do rock e metal nos abençoem para que as pessoas gostem do que estamos oferecendo", finaliza.

SERVIÇO

O Jack Music Pub fica na avenida Duque de Caxias, 8-56, na Vila Tereza. Entrada gratuita.

D.I.E., D.O.S. e Rock 13

A D.I.E. conta com uma sonoridade agressiva, fugindo de gêneros e se enraizando na vertente do crossover, com variação entre os riffs marcantes do thrash metal e os grooves do hardcore. Atualmente, é formada por Charles Guerreiro (voz), H. Hound (guitarra), Roger Vorhees (baixo) e Mortiz Carrasco (bateria). A D.O.S. é formada pelos integrantes Luis Felipe "Satan" (vocal), Cleber Monteiro (guitarra), Jean Barba (baixo) e Marcos "Cowboy" (bateria). Sempre tendo como base em seu som o thrash metal, em suas mais variadas facetas, agora conta com um approach grindcore, industrial e experimental. Já a Rock 13, formada por Célio (baixo/vocal), Fabio (guitarra/vocal), Julio (bateria) e Eduardo (guitarra), traz em seu repertório grandes clássicos do bom e velho rock and roll e heavy metal.

Ler matéria completa

×