Bauru

Cultura

Prefeitura abre edital para a adoção da Casa dos Pioneiros

Interessado em fazer o restauro do imóvel deve fazer sua manifestação, em envelope fechado, até 25 de julho deste ano

27/05/2022 - 05h00

Fotos: Laylla Paes

Imóvel, que é tombado, encontra-se interditado pela Prefeitura de Bauru

A Prefeitura de Bauru, por meio da Secretaria de Cultura, abriu chamamento público de propostas de adoção da Casa dos Pioneiros. Ela está localizada na rua Araújo Leite, 2-63 e 2-65, no Centro.

De acordo com edital, o adotante se compromete a realizar o projeto de restauro/requalificação anexo ao processo, no valor estimado de R$ 163.863,80, sendo necessária a aprovação e execução dos projetos complementares que devem fazer parte da proposta do interessado.

Em contrapartida, poderá explorar o espaço, em modelo a ser proposto pelo adotante com aprovação da Secretaria de Cultura.

A adoção deve obedecer a Lei Municipal nº 5.385/ 2006 e alterações posteriores, e o interessado deverá fazer sua manifestação de interesse em envelope fechado, na Secretaria de Cultura, localizada na avenida Nações Unidas, 8-9, Centro, até as 17h do dia 25 julho de 2022.

CASA DOS PIONEIROS

A fachada e a lateral da Casa foram tombadas pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Bauru em 2005. Tratam-se de duas pequenas casas geminadas que retratam a vida na Vila de Bauru antes da chegada da ferrovia, localizadas na região onde o núcleo urbano começou. Os imóveis, por sua simplicidade, demonstram o grau de precariedade das construções da época devido aos fatores políticos e econômicos típicos de um pequeno povoado.

São, como todas as casas de sua época, construídas em alvenaria auto-portante, sem recuo central, com portas e janelas construídas artesanalmente em madeira. Pode-se observar a presença mineira na ocupação do centro-oeste paulista, pelo seu fazer arquitetônico típico de Minas Gerais.

Precariedade

O Jornal da Cidade esteve na rua onde está localizada a Casa dos Pioneiros no final da tarde desta quinta-feira (26). Interditado, o imóvel apresenta péssimo estado de conservação, rodeado de escoras de madeira para sua sustentação.Parte da fachada da residência também foi destruída, provavelmente, pelo tempo e falta de investimento em preservação.

Ler matéria completa

×