Bauru

Cultura

Excertos Orquestrais pelo talento de Victor Atanazio

Bauruense está entre os 3 finalistas na competição da International Trumpet Guild, a mais famosa conferência de trompetes do mundo

por Laylla Paes

29/05/2022 - 05h00

Laylla Paes

Victor Atanazio é mestrando na Georgia State University, em Atlanta (EUA)

Garra, determinação e dedicação. Aos 23 anos, Victor Atanazio Pires possui uma bagagem de grandes conquistas em sua carreira musical como trompetista. Mestrando na Georgia State University, em Atlanta, nos EUA, o artista agora celebra a conquista da uma vaga entre os três finalistas na competição de Excertos Orquestrais da International Trumpet Guild (organização internacional de trompetes).

Marcada para a próxima quinta-feira (2), a final de Excertos Orquestrais é um grande marco na vida de Victor, que iniciou seus estudos em trompete em sua cidade natal - Bauru - no Projeto Guri, aos 9 anos de idade, com o professor Devanildo Balmant. "No meu segundo ano, fiz o cursinho da Banda Municipal de Bauru e ingressei. Já no terceiro ano, entrei no Conservatório de Tatuí", relembra o trompetista.

Seguindo o sonho da carreira musical, Victor também foi estudante intercambista cultural no Texas, onde morou por um ano. Ao retornar ao Brasil, passou seis meses na Banda Municipal e no Projeto Guri. Logo após, começou sua graduação em Trompete na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde tornou-se bacharel.

"Terminando os quatro anos de graduação, passei na Banda Jovem do Estado de São Paulo e me mudei para lá. Foi quando a pandemia me pegou. Não cheguei nem a tocar com eles porque as atividades foram suspensas", conta. Apesar dos empecilhos, Victor não desistiu. Relembra que, na época, já mantinha contato com um professor da Georgia State University. Em meados de 2021, iniciou seu mestrado na universidade, onde estuda até os dias atuais.

Incentivado pelos professores da universidade, Victor decidiu concorrer com trompetistas do mundo todo em busca de uma vaga na competição da International Trumpet Guild (ITG). "Lá [nos EUA], temos muitas competições ao longo do ano letivo. [...] Meu professor me encaminhou duas, e eu optei pela ITG, que é uma conferência onde ocorrem diversas competições. Mandei meus áudios para avaliação e fui selecionado entre os três finalistas", conta. Esta é a mais famosa conferência de trompetes do mundo. Além da competição de Excertos Orquestrais, também são realizadas as de Solo, Jazz, Excertos de Banda e competição para adolescentes.

"Excertos Orquestrais são trechos de obras importantes no repertório de Orquestras Sinfônicas. Todos os instrumentistas passam a vida estudando esses excertos. Para testes, é preciso estar apto para tocar esses trechos", explica Devanildo Balmant, regente da Banda Sinfônica Municipal de Bauru e do Grupo de Referência do Projeto Guri de Bauru. "Estou um pouco ansioso e nervoso, mas acho que me preparei o máximo que pude. Só de estar na final já é algo muito importante, uma conquista muito grande", diz Victor. "Geralmente, as finais têm 10 ou 15 candidatos, porque é um nível muito alto, com artistas do mundo inteiro. Quando vimos que eram três finalistas, ficamos ainda mais felizes", completa Devanildo.

SERVIÇO

Para conferir detalhes do trabalho de Victor Atanazio, basta acessar o Instagram (https://www.instagram.com/victoratanazio/). Já para acompanhar as atividades da Banda Sinfônica Municipal de Bauru, acesse o link: https://www.facebook.com/Bsinfonicabauru/.

Ler matéria completa

×