Bauru

Cultura

Camilla de Lucas enfrenta novo capítulo em processo contra loja de SP

A ex-BBB pede uma indenização por danos morais de R$ 10 mil após o estabelecimento usar sua imagem para fins comerciais sem autorização

por FolhaPress

04/08/2022 - 15h01

TV Globo/Reprodução

A influenciadora Camilla de Lucas, 27, processou uma loja de vestuários de São Paulo

A influenciadora Camilla de Lucas, 27, processa uma loja de vestuários de São Paulo e a batalha judicial ganhou mais um capítulo. A ex-BBB pede uma indenização por danos morais de R$ 10 mil após o estabelecimento usar sua imagem para fins comerciais sem autorização.

Após a Justiça negar o pedido de Camilla para que a Dassi Boutique retire do ar publicações que possuem sua imagem, a loja apresentou sua defesa e alegou que, apesar de a ex-BBB ter alegado que sofreu danos morais, não especificou os danos que sofreu.

Além disso, segundo a colunista Fábia Oliveira, a empresa ainda alega que a influenciadora disponibilizou um vídeo, no ano de 2020, em que mostra roupas da marca, por isso, teria iniciado uma relação de publicidade. No vídeo, a influenciadora deixa claro que não estava fazendo uma parceria, e que comprou as roupas.

No processo, ao qual a Folha S.Paulo teve acesso, ainda consta a possibilidade de uma audiência para tentativa de conciliação das partes envolvidas. Procurada, a assessoria de Camilla não se pronunciou até a conclusão deste texto.

No início do ano, Camilla anunciou que faria uma pausa nas redes sociais. A decisão coincidiu com o anúncio oficial de que ela não estaria na nova temporada do reality show The Masked Singer (Globo), que ela co-apresentou no ano passado.

"Pessoal, só para esclarecer: primeiro meu nome foi mencionado como apresentadora do programa A Eliminação, mas isso não é verídico, a própria Globo já corrigiu essa informação", disse sobre o programa do Multishow que entrevista os eliminados do BBB.

Ler matéria completa

×