Bauru

Conexão Biz

Tommy Dorfman, de '13 Reasons Why', revela ser mulher transexual

Atriz americana está em processo de transição de gênero há cerca de um ano

por FolhaPress

22/07/2021 - 17h59

Reprodução/Instagram

Tommy afirmou que vai manter seu nome de batismo

Tommy Dorfman, 29, revelou nesta quinta-feira (22) que é uma mulher transexual. A declaração foi dada em entrevista à revista Time, à qual contou que já vivia essa identidade de gênero secretamente há um ano.

A atriz ficou conhecida pelo papel do estudante cisgênero Ryan Shaver na série "13 Reasons Why", da Netflix. "É engraçado falar em assumir, porque não havia entrado em lugar nenhum", comentou. "Vejo o dia de hoje como uma reintrodução para mim como mulher, tendo feito uma transição médica."

"Sair do armário é sempre visto como uma grande revelação, mas eu nunca deixei de sair", afirmou. "Hoje é sobre clareza: eu sou uma mulher trans. Meus pronomes são ela/dela. Meu nome é Tommy."

Dorfman disse ainda que não se escondeu, mas também não tinha falado claramente sobre o assunto. "Aprendi, como pessoa que fala ao público, que minha recusa em esclarecer pode me privar da liberdade de controlar minha própria narrativa", contou. "Com essa transição médica, houve um discurso sobre meu corpo e ele começou a parecer opressor."

"Então, recentemente eu olhei para exemplos de outras pessoas que se revelaram trans", disse. "Essa é a versão que eu realmente não pude fazer, que é desaparecer por dois anos e voltar com um novo nome, um novo rosto e um novo corpo. Mas não era isso que eu queria."

Ela contou que não pretende mudar de nome por causa da readequação. "Recebi o nome do irmão da minha mãe, que faleceu um mês depois de eu nascer, e me sinto muito ligada a esse nome, a um tio que me abraçou quando estava morrendo", afirmou. "Esta é uma evolução de Tommy. Estou me tornando mais Tommy."

A atriz também contou que pretende continuar na profissão. "É impossível para mim separar minha transição pessoal da profissional, porque meu corpo e rosto estão ligados à minha carreira", avaliou. "Sou mais conhecida por interpretar um poeta gay mal-intencionado em '13 Reasons Why' e temia que, ao fazer uma transição ativa em minha vida pessoal, perderia qualquer carreira que me disseram que deveria ter."

"Mas eu não estou mais interessada em interpretar personagens masculinos -exceto talvez de uma forma 'Cate Blanchett interpretando Bob Dylan'. Às vezes, você só precisa dizer: 'Não, é exatamente isso que eu sou'."

Ler matéria completa