Bauru

Conexão Biz

Roberto Carlos fica sem gasolina: 'Não tenho hábito de olhar o marcador'

25/11/2021 - 14h51

Reprodução redes sociais

Roberto Carlos em seu Audi vermelho

O cantor Roberto Carlos achou graça da inesperada falta de combustível que fez enguiçar o conversível que ele dirigia, na última semana, enquanto se deslocava para o seu estúdio, na Urca, na Zona Sul do Rio. "Quem nunca ficou sem gasolina!?", brincou o cantor de 80 anos à sua corte de funcionários, depois de ser filmado por pedestres na rua Marechal Cantuária, no bairro onde mora. O vídeo do Rei sem gasolina viralizou na Internet

Há 20 meses imerso numa quarentena rígida - nesse período, ele só deixou o isolamento para casar o filho Dudu Braga e, um mês após a cerimônia, vê-lo ser enterrado, vítima de um câncer -, o astro da música brasileira foi surpreendido por um detalhe nada pequeno no dia em que decidiu retomar, fora de casa, a agenda de compromissos profissionais.

Dono de uma frota numerosa - na garagem de cada um de seus imóveis, ele mantém dezenas de veículos -, Roberto Carlos entrou no carro que "sentiu vontade de dirigir", na última sexta-feira (19), para finalmente voltar à labuta no estúdio localizado a 800 metros de sua casa. O veículo em questão era um Audi TT conversível em cor vermelha, avaliado em R$ 500 mil.

"Mas eu não tenho o hábito de olhar o marcador de combustível", contou o artista. Quando fez a curva e entrou na rua paralela à via onde mora, Roberto Carlos percebeu que o carro enguiçou. Ao olhar para o painel, o Rei constatou que faltava gasolina no veículo.

"Roberto encarou a situação numa boa. Mesmo quando está sozinho em seus carros, que, aliás, só ele põe a mão, Roberto Carlos está sempre acompanhado. Há sempre outro carro de apoio, com seguranças, atrás dele", revelou um funcionário. "E aí quando foi confirmado o problema, ele entrou no carro dos seguranças e seguiu o caminho para o estúdio", concluiu.

O tradicional show transmitido pela TV Globo no Natal deve reunir, neste ano, medalhões da música popular brasileira. Nomes como Maria Bethânia, Chico Buarque, Caetano Veloso, Erasmo Carlos, Gilberto Gil e Gal Costa foram contatados pela produção do programa.

Ler matéria completa

×