Bauru

Conexão Biz

Famosos e anônimos repercutem morte de Danuza Leão nas redes sociais

Jornalista enfrentava problemas respiratórios e estava internada na clínica São Vicente

por FolhaPress

23/06/2022 - 12h22

Divulgação/Arquivo

Danuza Leão morreu aos 88 anos

Famosos e anônimos lamentaram a morte da jornalista e escritora Danuza Leão, 88, no Rio de Janeiro, na noite desta quarta-feira (22). Ela enfrentava problemas respiratórios e estava internada na clínica São Vicente.

A jornalista Rosana Hermann usou as redes sociais para comentar a morte de Danuza. "Que triste, morreu a Danuza Leão", escreveu no seu perfil do Twitter. Outra jornalista, Sandra Coutinho, postou: "Morre Danuza Leão, modelo e colunista influente que marcou época no Brasil"

"Noite triste para o jornalismo: Morre Danuza Leão, escritora, colunista influente e ex-modelo que marcou várias gerações no Brasil", publicou o jornalista Gerson Camarotti na rede social. O colunista do canal My News Bruno Cavalcanti publicou: "Perdemos Danuza."

A equipe do festival de cinema "Tudo é Verdade" também usou as redes sociais para falar da morte da jornalista, que atuou no filme "Terra em Transe", do cineasta Glauber Rocha. "A equipe do É Tudo Verdade expressa seu luto pela morte da modelo e escritora Danuza Leão (1933-2022)."

O jornalista Renzo Moura publicou uma foto de Danuza jovem elogiando sua beleza. "Danuza Leão era tão maravilhosa que -sem querer- matou o grande cronista Antônio Maria de amor. E se é para morrer de amor, que seja por uma deusa como Danuza."

Outro internauta comentou sobre as mortes da atriz Marilu Bueno e da escritora. " Duas perdas! A atriz Marilu Bueno, talentosíssima, puro humor! E Danuza Leão, a qual conhecia pessoalmente através de meu pai. Uma mulher elegante, culta e educadíssima. Elevem-se em paz!"

Ao lamentar a morte de Danuza, a apresentadora Astrid Fontenelle citou a biografia da jornalista. "A mulher que tem uma autobiografia intitulada 'Quase Tudo' já diz ao que veio", afirmou. Astrid elogiou também os filhos e netos de Danuza.

O diplomata e político Arthur Virgílio Neto, ex-prefeito de Manaus, definiu Danuza como "a grande dama da noite" do Rio de Janeiro", além de personalidade polêmica. "Ela e seu esposo, Samuel Wainer, foram grandes amigos de meu pai. Que sua alma descanse em paz", disse.

Ler matéria completa

×