Bauru e grande região

Economia & Negócios

Balança cambial de 2019 teve queda; dólar tem baixa

Valor recua para R$ 4,05 após discurso de Trump e dados negativos do fluxo cambial

por Estadão Conteúdo - Site

09/01/2020 - 06h00

Brasília - O dólar fechou em queda nesta quarta-feira (8), a primeira de 2020, após quatro dias seguidos de valorização. O discurso um pouco mais ameno do presidente dos EUA, Donald Trump, em relação à tensão no Oriente Médio, fez a moeda norte-americana mudar de curso ao longo do dia. A divisa subiu pela manhã, chegando a R$ 4,07, mas após as declarações do republicano, passou a cair. No segmento à vista, o dólar fechou em queda de 0,31%, a R$ 4,0518. No mercado futuro, o contrato para fevereiro terminou com leve perda de 0,09%, a R$ 4,0070, em meio a relatos da imprensa internacional no início da noite de novos ataques no Iraque, mas sem vítimas.

Desde que o Irã atacou duas bases norte-americanas no Iraque, havia grande expectativa pela resposta de Trump, o que levou o dólar a se fortalecer no mercado internacional desde os primeiros negócios do dia.

Trump usou as redes sociais mais cedo para dizer que "até aqui, tudo bem", mas havia grande expectativa sobre seu discurso, que começou pouco depois das 13h.

FLUXO CAMBIAL

Os dados do Banco Central do fluxo cambial divulgados nesta quarta mostram saída de US$ 44,7 bilhões em 2019, a maior da história. Pelo canal financeiro, saíram US$ 62,2 bilhões do Brasil no ano passado.

Na semana do dia 30 de dezembro até o dia 3 deixaram o país US$ 2 bilhões pelo canal financeiro em valores líquidos, mas a B3 tem reportado entrada de capital externo em alguns dias. Em três pregões até o dia 6, o saldo de janeiro está positivo em R$ 257,8 milhões.

Ler matéria completa