Bauru e grande região

Economia & Negócios

Home office em tempo de coronavírus

País vive um novo ritmo e uma nova postura nas relações de trabalho

por FolhaPress

22/03/2020 - 06h00

Pixabay

O trabalho remoto exige rotina e disciplina

COMO MANTER A PRODUTIVIDADE

"Além de ser um protocolo para cenários como o atual, o trabalho remoto já é visto como uma ferramenta para retenção de funcionários, que tendem a gostar dessa flexibilidade", explica Lucas Nogueira, diretor de recrutamento da Robert Half, consultoria especializada em seleção e recrutamento.

Mas, como medida protetiva, o home office tomou outras proporções para os negócios. Raphael Falcão, diretor da Hays, empresa de recrutamento, conta que muitas companhias não estavam preparadas para o aumento, na última semana, do número de funcionários que precisam trabalhar remotamente.

"Isso é um alerta para que as empresas tenham um plano de contingência bem definido e estruturado", diz.

Quanto ao empregado, o primeiro ponto para o novo regime de trabalho funcionar é entender que o objetivo é ganhar em produtividade. "Você não perde tempo se locomovendo, por exemplo. Mas você tem que ter uma rotina preestabelecida", diz Falcão.

Comprometa-se com as entregas e organize-se: Ao trabalhar em casa, o funcionário é responsável pelas tarefas e pela forma como irá executá-las, afirma Amelia Caetano, especialista em gestão remota do Instituto Trabalho Portátil, empresa de consultoria que implementa home office em organizações.

Segundo ela, o gestor deixa de ter o controle do que a pessoa está fazendo nesse regime e passa a ter confiança de que os prazos acordados serão cumpridos.

Para manter a disciplina e o ritmo de execução do trabalho, é importante não programar tarefas de ordem pessoal no horário reservado para o expediente, afirma o diretor de recrutamento da Robert Half. Evite agendar consertos e entregas residenciais, por exemplo.

Mostre em casa que está trabalhando: Principalmente para quem tem crianças, pode ser difícil estabelecer uma divisão clara entre estar trabalhando e estar disponível.

Uma forma de solucionar isso é criar símbolos para que outros moradores da residência saibam que o funcionário está em horário de trabalho.

Amelia Caetano sugere usar um crachá no pescoço ou colocar fones de ouvido como uma forma de mostrar que está ocupado.

Lista de prioridades: Para manter a produtividade, é importante manter o foco na tarefa que está sendo realizada e -em vez de checar e-mails e ligações de forma compulsiva, estabelecer períodos para fazer essa verificação.

Planejar a agenda do dia e criar uma lista de prioridades entre as obrigações também é uma boa forma de se manter produtivo e dar conta de todos os deveres. "Se eu já sei que 50% do meu tempo é gasto com coisas que aparecem no próprio dia, eu vou programar só metade do meu período e deixar o resto para as tarefas imprevisíveis", sugere Caetano.

Mantenha hábitos saudáveis e tire o pijama: Como no home office todo o trabalho é feito em frente ao computador, o ideal é não fazer as refeições na mesma mesa e se levantar para buscar alimentos ou café. Procure também ter uma seleção de produtos saudáveis para manter uma dieta equilibrada.

A especialista do Instituto Remoto sugere fracionar o horário do almoço com um período para tirar um cochilo de 20 minutos, que ajuda a manter a produtividade.

Outra recomendação importante é tirar o pijama. Não precisar se vestir com trajes específicos para o trabalho faz com que funcionários se mantenham com as roupas que estão ao acordar. Mas, segundo Amelia Caetano, estudos mostram que o desempenho não se mantém o mesmo se não se mantiver o hábito de se arrumar para o trabalho.

Ler matéria completa