Bauru e grande região

 
Economia & Negócios

Dólar vai a R$ 5,75 em dia de volatilidade

No Exterior, a moeda norte-americana operou em baixa quase o dia todo

por Estadão Conteúdo - Site

20/05/2020 - 06h00

Guadalupe Pardo/Reuters

Dólar

Brasília - Em dia de baixo volume de negócios, o dólar teve uma sessão volátil nesta terça (19), com as mesas de câmbio monitorando o cenário político, o Exterior, onde a moeda americana operou em baixa, e se haveria ou não funcionamento do mercado nos próximos dias por conta da decisão do governo paulistano de antecipar feriados. Com a comunicação do Banco Central e da B3 de que os mercados funcionarão normalmente, o dólar chegou até a ensaiar uma queda, mas voltou a subir em seguida e acelerou a valorização perto do fechamento, com piora no Exterior por conta de dúvidas sobre a eficácia de uma vacina contra o coronavírus.

No final do dia, no mercado à vista, terminou em alta de 0,63%, a R$ 5,7564. Na máxima do dia, o dólar à vista foi a R$ 5,76, pouco antes do Banco Central se pronunciar sobre o funcionamento do mercado nos próximos dias. A alta levou o próprio BC a agir e anunciou um leilão extraordinário de swap cambial, de US$ 500 milhões.

Já no Exterior, o dólar teve queda generalizada, reduzida no final da tarde. Segundo os estrategistas de moeda do banco americano Brown Brothers Harriman (BBH), prosseguiu ontem a melhora da confiança dos investidores, que ganhou força após a farmacêutica Moderna anunciar resultados favoráveis de uma vacina contra o coronavírus.

Pesquisa feita este mês pelo Bank of America com investidores de América Latina mostra que aumentou o pessimismo com o Brasil nas últimas semanas. Para 56% dos entrevistados, o maior risco para o País é uma piora fiscal descontrolada. No câmbio, a maioria dos gestores espera que a moeda americana termine o ano acima de R$ 5,00.

Ler matéria completa